31/08/2009

Todos a achavam feia...

Os protestos que eu ouvi quando a enfiei no carro para trazer para casa... Ui!

Sim, é mais outra planta salva do lixo.

Toda a gente disse que ela era feia. Até o L.!
Mas eu achei-a linda, invulgar, selvagem, exuberante...

Desta vez, fotografei todo o "processo de magia":

<- Foto tirada à chegada.



Aqui, a limpeza.

Não foi fácil tirar todas as sujidades e folhas secas, mas contei com a ajuda do L., que adorou trabalhar lado-a-lado com a sua mamã.







O resultado final!

Foi limpa, regada, borrifada e mimada.

À falta de um vaso mais bonito, utilizei um velho saco do pão às riscas que nunca uso, para tapar o que tem agora.

Ficou um mimo.
Sempre adorei vasinhos à janela.

São a alegria da casa!





E agora, quem a acha feia?

Quando olho para ela, parecem pernas de estrelas-do-mar.
Também têm a mesma sensação?

É maravilhosa.
Todas as plantas o são.

Não existem plantas feias...!
Concordam agora?

A "Medusa"

Esta planta faz-me lembrar a Medusa.

Mais uma salva do lixo.

Estava suja, ressequida e maltratada.

Mas viva!

Não sei o seu nome, mas creio que é uma suculenta.

Alguém sabe como se chama?



Nesta foto, depois de uma boa limpeza e rega, e já instalada num cesto de verga.

Mais uma para se juntar à minha interminável colecção de plantas recuperadas do lixus...

30/08/2009

Calor - refresque a sua cama e durma bem

Felizes daqueles que hoje se lembraram de ligar o computador e visitar a Casa Claridade, pois trago-vos uma dica para refrescar as vossas noites!

Eu sei que isto vai parecer bizarro... mas acreditem em mim: funciona.

Quando chegar a hora de ir dormir, peguem num borrifador com água, abram a vossa cama, e borrifem abundantemente o sítio onde se vão deitar.

Depois, deitem-se (sim, mesmo em cima do molhado!).

A água acabará por evaporar com o calor. Poderão repetir o procedimento, se desejarem.

"Esta Hazel é doida varrida!", dirão. Mas o truque resulta. Testem, e depois contem-me.

Atenção: isto só serve para quando está mesmo muito calor. Como hoje!

E para os leitores do Hemisfério Sul, que estão agora no Inverno? Também tenho solução.
Saibam como passar uma noite bem quentinha, clicando aqui.

29/08/2009

A Bruxa Hazel - novidades!

A artesã brasileira Andrea Albernaz não tem mãos a medir com as encomendas das "Bruxas Hazel"!

Até já estão a sair em cores diferentes!

Espreite aqui, para ver a última "Hazel", falar com a Andrea, ou fazer a sua encomenda: Canto da Bruxa.

Aos leitores que me amam a ponto de comprarem esta boneca inspirada em mim... um beijão de obrigada! Um, não... muitos! Schuac! Schuac! Schuac! Schuac! Schuac! Schuac! Schuac! Schuac!

Àqueles que conhecem a Casa Claridade há pouco tempo, e não sabem a que me refiro, cliquem aqui, no post da "Bruxa Hazel".

25/08/2009

Guia dos Sonhos - U


Uivar - Pessoas a uivar é mau agouro. Prepare-se para receber más notícias.

Úlceras - Irá enfrentar problemas, situações desagradáveis causadas por pessoas que não lhe querem bem.

Umbigo - Desejos eróticos reprimidos; vontade de novas aventuras amorosas/sexuais.

Unhas - Cortá-las não é um bom presságio; poderá significar o fim de um relacionamento amoroso, problemas familiares ou a contracção de dívidas. Unhas compridas é sinal de discussões.

Uniforme - Futuro promissor. Passará por experiências que serão determinantes para o percurso da sua vida.

Urina - Mudanças imprevistas em alguma área da sua vida. Evite discussões com as pessoas de quem gosta.

Urna funerária - Irá passar por momentos de sofrimento.

Urso - Proximidade de um adversário astucioso e poderoso, que o fará passar uma fase difícil. Insatisfação no campo profissional. Caso consiga matar o urso, significa que conseguirá ultrapassar tudo com êxito.

Urros - Desespero, tristeza.

Urtigas - Representam falsidade e crueldade nas suas relações. Será enganado no campo afectivo e profissional.

Uvas - Alegria, fertilidade, abundância. Se as uvas forem grandes e suculentas, significa que está no momento certo para iniciar um negócio. Caso sejam mirradas e tenham mau aspecto, pressagiam dificuldades financeiras ou doenças.

Índice (clique nos itens):

- Guia dos Sonhos - L
- Guia dos Sonhos - M
- Guia dos Sonhos - N
- Guia dos Sonhos - O
- Guia dos Sonhos - P
- Guia dos Sonhos - Q
- Guia dos Sonhos - R
- Guia dos Sonhos - S
- Guia dos Sonhos - T
- Guia dos Sonhos - U
- Guia dos Sonhos - V
- Guia dos Sonhos - X
- Guia dos Sonhos - Z
- Introdução

24/08/2009

Ninhos à janela - aprenda a reaproveitar cascas de ovo

Num dia de muito vento, encontrei estes ninhos caídos no chão, por baixo de uma árvore.

Os pássaros são os artesãos da Natureza; reaproveitam pauzinhos, cordas, e até pedaços de plástico que apanham no chão, para construir os ninhos. Até a Mãe-Natureza recicla...

Como já não havia hipótese de recolocar os ninhos nos ramos da árvore, trouxe-os para casa.

Ficaram a decorar o parapeito da janela.

E os ovos? São de galinha. Estão ocos, porém, com a casca inteira.

As cascas de ovos servem para muitas coisas - não devemos considerá-las lixo.

O segredo para retirar o ovo sem partir a casca é simples; com a ponta de uma faca, dê umas pequenas batidas nas duas extremidades do ovo, até fazer um buraquinho de cada lado.

Depois, sopre com força por um dos buracos e o ovo vai sair todo pelo outro buraco.
Sempre que faço panquecas, ovos mexidos, bacalhau à Braz e outros pratos que não seja necessário separar as claras das gemas, aproveito assim as cascas dos ovos.

E já tenho um cesto cheio delas para pintar quando vier a Páscoa...!

21/08/2009

"Água fria... da ribeira... água fria que o Sol aqueceu..."

Existe roupa lavada para estender.

Duas casas-de-banho para limpar.

Toda uma casa para aspirar.

Tapetes para sacudir.

Pão para fazer.

Camas para arrumar.

Um menino com quem brincar.

E vou fingir que não reparei que as janelas precisam de ser lavadas.

P.S. - O título do post é um trecho de uma cantiga popular que as donas-de-casa de antigamente cantavam enquanto se dedicavam às lides domésticas.

20/08/2009

Hazel e os livros + desafios diversos

Diz que o mundo quer saber mais sobre mim.

A Mulher Elástica enviou-me o "Meme dos Livros". Obrigada!
Diga-se de passagem, passou-o à pessoa certa, pois sou uma apaixonada por livros.

Ora cá vai (sempre quero ver quem é que vai ter paciência para ler este post até ao fim):

Livro de Infância: "Victoria e o Velho Ouriço", de Angela Rippon.
Personagem que queria ser: Nancy Drew.
Primeiro livro enorme que lembra de ter lido: "As Mil e uma Noites".
Filme que ficou melhor do que o livro: Talvez, "A Insustentável Leveza do Ser", de Milan Kundera. Achei o livro uma chatice pegada, do início ao fim. Alguém viu o filme?
Livro que te fez sonhar acordada (o): Todos os da Joanne Harris.
Livro que te fez chorar: Quase chorei de aborrecimento, quando li "Versículos Satânicos", de Salman Rushdie.
Livro que te fez rir: "A Correspondência de Fradique Mendes", de Eça de Queiroz e "Gabriela Cravo e Canela", de Jorge Amado. Têm passagens hilariantes, inesquecíveis.
Livro que mudou a sua vida: Todos os que li acrescentaram algo de novo.
Livro que te causou dor: "O Diário de Edith", de Patricia Highsmith. Doeu mesmo.
Livro que está lendo: "Mensageiros do Amanhecer - Ensinamentos das Plêiades" - Barbara Marciniak.
Livro comercialzão: "Vou contar-te um segredo", da Margarida Rebelo Pinto. Têm que concordar comigo.
Querido escritor: Eça de Queiroz, sempre.
Sente vergonha por não ter lido: "O Mundo de Sofia", de Jostein Gaardner. Uma seca* - que me perdoem os grandes filósofos.
Não suporta: Ver livros no lixo. Por isso, apanho-os sempre.
Livro sensual: "A Casa dos Budas Ditosos", de João Ubaldo Ribeiro e "O Romance da Luxúria", de autor anónimo. Hu la la...!
Para quando quiser ficar feliz: A Casa Claridade! ahahahah Só é pena não existir em papel, mas podem sempre imprimir os posts. ;)
Para quando faltar esperança: "Fernão Capelo Gaivota", de Richard Bach e "O Livro da Viagem", de Bernard Werber. Na secção de auto-ajuda, todos os de Dale Carnegie, e "O Poder do Subconsciente", de Joseph Murphy. Na secção esotérica, todos os de Lobsang Rampa, por nos levarem a viajar até outros mundos.
Livro que ganhou e nunca leu e nem vai ler: Mantenho os títulos em segredo... ;)
Livro que comprou e nunca leu: Já li todos os que comprei.
Biografia: "Elvis Presley"
Difícil: "Cem anos de solidão", de Gabriel García Marquez. Porque são várias gerações de personagens, e quase todas com nomes repetidos.
Para quem gosta de escrever: Qualquer um de Eça de Queiroz, Vergílio Ferreira, Agustina Bessa-Luís, Júlio Diniz, Morris West, Patricia Highsmith...
Conto gostoso de ler: "The hound of the Baskervilles", de Sir Arthur Conan Doyle.
Não conseguiu terminar: "Viagens na minha terra", de Almeida Garrett. Mas hei-de pegar nele de novo.
Está na fila: Tenho dezenas de livros na fila para ler. Alguns deles, aleatoriamente:
"A Relíquia", de Eça de Queiroz......... LIDO!
"O Crime do Padre Amaro" - Eça de Queiroz
"Ler como um escritor" - Francine Prose
"Mary Poppins" - P. L. Travers
"Sexus" - Henry Miller
"Dracula" - Bram Stocker
"A Boda Mexicana" - Sandra Sabanero
"Manhã Submersa" - Vergílio Ferreira
"A Marca das Runas" - Joanne Harris
"Danças e Contradanças" - Joanne Harris......... LIDO!
"As Brumas de Avalon" - Marion Zimmer Bradley.... LIDO!
E tantos, tantos mais...
Livro que daria de presente: Depende da pessoa que fosse presentear.


Selo "Seu Blogue é Mágico"

Recebi este selo da Maria de Fátima, do Portal Mágico. Obrigada!

Traz 4 perguntas, a que respondo:

1. Uma música mágica? "Fairy of water" - Kitaro. Ouvir aqui.
2. Um filme mágico? "Para além do horizonte".
3. Uma viagem mágica? À Índia.
4. A maquilhagem mágica? Verde-escuro nas pálpebras, e rosa-claro nos lábios. Com um sorriso a acompanhar.


Selo "Nota 10"

Recebi este selo da Maura, do Coisas da Maura. Obrigada!

Traz, como regra, escrever uma lista com 8 características minhas.
Lá vão elas:


1. Adoro as manhãs, mas tenho dificuldade em acordar cedo;
2. Sou muito selectiva nas amizades;
3. Tenho sentido de humor;
4. Sou impaciente e teimosa;
5. Não sigo "modas"; sou uma fora-de-moda;
(como já ninguém deve estar a ler, nesta fase do campeonato...)
6. Quando estou sozinha, tiro macacos no nariz;
7. E agora, ri-me a ler isto!;
8. Não estou a tirar agora. ahahahhahaha

*seca = chato; aborrecido

18/08/2009

O sótão misterioso

Vivo nesta casa há 8 anos. Conheço-lhe todos os recantos. Mas, existe uma parte desta casa onde eu nunca tinha entrado, nem sequer com a pontinha do nariz...: o sótão.

Raramente me lembro, sequer, que ele existe. Convenci-me de que quem lá vivia - e sem pagar renda! - eram as aranhas. E, com elas, eu não me meto.

Mas, há pouco tempo, decidi ir lá acima enfrentar o meu medo, e ter uma conversa-séria-de-mulher-para-aranhas.

Não existe uma escada fixa, por isso fui  buscar a velha escada da administração do prédio e lá subi. O acesso é pelo tecto da nossa despensa (vêm os ramos de louro pendurados na parede?).

Qual não foi o meu espanto, quando lá chego, preparada para encarar um batalhão de aracnídeos enraivecidos, extraterrestres antenados, crocodilos, ou até mesmo o lendário fantasma das cuecas rotas, e... não vi nada. Nicles. Apenas um enorme espaço vazio.

Que poderia ser transformado em tantas coisas...
E agora, fiquei a pensar:

Poderia transformá-lo numa Biblioteca, e levava para lá todos os livros...
Ou fazer dele um jardim interior, com pedras, fadas e gnomos, as plantas e uma pequena fonte Feng Shui (que não tenho)...
Ou criar um espaço mágico, com almofadões pelo chão, onde poderia fazer teatrinhos de contar histórias de encantar com o L.... (esta agrada-me mais)

Ou...? Sei lá.
Aceito sugestões.
Se tivessem um sótão vazio, o que fariam dele?

07/08/2009

TPM... Vença essa vilã em 5 passos!

A TPM (Tensão Pré-Menstrual) é um sintoma que interfere com o estado de espírito de muitas mulheres nos dias que se antecedem à menstruação.

(Calma lá... Leitores masculinos, não fujam!... Isto também vos afecta indirectamente.)

Por vezes, até as mais doces e delicadas damas se transformam num autêntico Adamastor quando são assaltadas pela TPM. Ficam chatas, ansiosas, irritantes e irritáveis. Ahhh!

Toda a gente sabe do que estou a falar:

Aquela neura que nos faz ter vontade de esganar a vizinha bisbilhoteira que estica o pescoço como uma girafa para espreitar para dentro de nossa casa.

Que faz com que tenhamos ganas de atirar pela janela a panela do jantar que ficou queimado, e fazer mira para um parvo qualquer que passe a assobiar como se o mundo fosse um lugar divertido.

Que faz com que o espaço que nos rodeia se torne, por uns negros e confusos dias, um campo de batalha. Essa mesmo. Vamos, então, minimizar os sintomas com alguns truques.

Quando se aproximam os dias sombrios, sugiro o seguinte:

1 - Café, chocolate, refrigerantes e álcool aumentam a ansiedade e a instabilidade emocional. Corte nisso tudo!;

2 - Beba leite, coma queijo, yogurtes, espinafres, brócolos e outros alimentos ricos em cálcio, para equilibrar as variações de humor;

3 - Faça exercício físico (nem que seja caminhar). O exercício ajuda a produzir endorfinas e a manter a boa-disposição.

4 - Sente-se e encoste as palmas das mãos no chão, para descarregar o excesso de energia. Deixe-se estar por uns 10 minutos em silêncio. Medite. A meditação irá ajudar a "ancorar-se" e a recuperar a harmonia.

5 - Leia a Casa Claridade! ;)

Hazel está em fase de TPM, por isso é que conseguiu descrever os sintomas com tanta precisão.

06/08/2009

O maior luxo... ao alcance de todos

Vamos simplificar...

Sinceramente, para que serve ter umas 5 almofadas a decorar a cabeceira da cama, se todas as noites temos o trabalho de tirá-las para dormir?, e, de manhã, toca a colocar tudo lá outra vez? Para quê, alguém sabe?

O lado masculino e prático em mim diz-me que isso só serve para perder tempo, ou para impressionar as visitas. Ou para ficar bem nas fotografias das revistas, sei lá.

Cá em casa, isso não se pratica.
O quarto serve para repousar (além de outras coisas não mencionáveis neste blogue familiar), não para receber visitas.

Por isso, a cama está sempre igual. Dispenso os rococós decorativos, a favor de apenas 2 almofadas: as que usamos para dormir.

O maior luxo que existe na minha vida (logo a seguir aos longos banhos de água quente) é, na hora de deitar, apenas precisar de levantar um bocadinho as roupas da cama, e deixar-me escorregar lá para dentro. Seguido de um longo e grato suspiro. Ah.....

Não preciso de mais nada.
A simplicidade e praticidade constituem, para mim, o derradeiro luxo.
Uma cama pronta a utilizar faz-me muito feliz.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...