Pertho: shhh, é segredo

quinta-feira, junho 28, 2012

As Runas são muito mais que um antigo alfabeto usado pelos povos Germânicos. São signos mágicos e uma plataforma para comunicar com os mundos dos Deuses. São chaves para abrir a Bifrost, o grande arco-íris que permite viajar entre mundos, guardado por Heimdall.

Os alfabetos rúnicos podem ter várias designações consoante a época e a região onde eram usados. O Futhark com o qual tenho mais afinidade é o Elder Futhark, "decifrado" apenas em 1865. E decifrado está entre aspas precisamente porque a sua vertente divinatória e mágica está reservada ao trabalho interno, que é constante. É este lado mágico que me proponho a explorar convosco, para que possamos ouvir o sussurro do vento.

Não falarei das Runas pela ordem em que se apresentam no Futhark, mas sim pela ordem em que elas se forem apresentando, à medida que escreva esta série de posts.

Hoje falamos de Pertho, uma runa que fala de atribuirmos uma situação ao acaso, à sorte. Esquecemo-nos, no entanto, que nada acontece por acaso e que, se não compreendemos o sucedido, isto se deve a algum segredo que não nos foi revelado. Pode ser um segredo de alguém, de alguma coisa, ou até do universo. É uma runa misteriosa e sedutora que nos convida a ir atrás desse mistério, dessa energia feminina que é, ao mesmo tempo, fértil.
E estas não são mais que as facetas de Frigg, esposa de Odin e Mãe de Balder, o deus Solar, e Hodur, o deus das trevas. 

Sorte - Destino - Feminilidade
Divindade: Frigg



Com Amor,

Marco

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

6 COMENTÁRIOS

  1. Uau!

    Que preciosa.
    Senti que ela foi bem vinda para mim!

    Obrigada.
    Vou adorar conhecer mais!

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito e interessante, o teu post. Há uns meses consegui finalmente visitar o templo de Walhalla e lembrei-me de ti! A vista é assombrosa, a localização faz jus à mitologia.

    Para que os meus filhos compreendessem o que estavam a ver vim primeiro ao teu blog reler posts que já tinhas escrito e mostrei-lhes a foto do Bifrost que construíste.

    Obrigada pela partilha e um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  3. Bem, tive de cá voltar porque só agora é que reparei que este post foi escrito pelo Marco.

    Sorry... acho que tenho de começar a dar mais uso aos óculos :)

    Obrigada a ambos!

    ResponderEliminar
  4. olá Marco,
    é a primeira vez que comento num post teu... desde já os meus parabéns pelos posts que tens escrito!

    achei que era interessante acrescentar ao post que o sentido literal é vulva, é abertura... é um triângulo aberto ;)
    gostei muito... excelente ideia, as runas, essas desconhecidas, bem precisam de divulgação :)))
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Achei interessante, já tinha ouvido falar mas não conhecia. Muito bom.Excelente explicação.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥