Coisas fixes que já quase toda a gente fez, menos eu.


Eu nuncaaaaaa...

... fui às festas dos santos populares de Lisboa. Mas gostava. Sardinhas, vinho e bailarico incluídos!

... dancei à chuva. Acho que há previsões de precipitação para daqui a duas semanas (piscar de olho para o Marco!).

... fui ao Porto. Já estive várias vezes para ir, mas houve sempre algum imprevisto. Será que o Porto não me quer? Riscado! Feito em 30 de Maio de 2016.

... ​comi percebes. Os "understands" são esquisitos e, aparentemente, difíceis de encontrar, mas deliciosos, segundo aqueles que já provaram. Parecem patinhas de monstros marinhos, que se chupam. iaics!, que macabro. Mas não se pode ficar na ignorância.  Riscado da lista! Feito em 5 de Maio de 2016.

... fingi ser uma turista e visitei Lisboa. No Verão, de chapéu de palha e máquina fotográfica pendurada ao pescoço, pelas colinas, elevador da Bica e com passeio de eléctrico.

... fui à Feira da Ladra. Logo eu, que gosto tanto de ver tralhas e velharias. Quero mesmo ir, antes de eu própria me tornar uma velharia.

... fiz uma aula de Ballet. Mas ainda é tempo de experimentar. Não sei é fazer um carrapito com o cabelo.

... fiz Yoga na praia ao nascer do dia. Nem Yoga, nem nada, agora que penso bem!

... lavei o cabelo num rio. Nesta, não devo ser a única a dizer nunca. Mas é algo romântico que sempre quis experimentar (até levo o shampoo e condicionador comigo! Ah!).

... fui a uma reunião da Tupperware. Vamos manter isto assim.

... fui a um cinema drive in. Isso faz-me sempre lembrar os filmes americanos, onde os jovens imberbes faziam marotices no banco de trás do carro enquanto "viam" o filme. E quem está aqui a julgá-los. Eu não.


Fazei também a vossa lista, senhoras e senhores. E sonhai sonhos pequeninos; pois é nos pequenos momentos que encontramos a felicidade.

Regressarei a este post para riscar os itens da lista que concretizar!

À espera da chuva (ou dos percebes - whatever comes first),
Hazel