Sabia que...?

Estudos comprovam:

1. Livrar-se das suas tralhas elimina 40% do trabalho doméstico numa casa mediana.

2. 80% da desarrumação na maioria das casas é resultado da desorganização, e não da falta de espaço.

3. A desorganização faz com que percamos cerca de 50% do nosso tempo.

4. A desorganização contribui para a estagnação da energia da casa.

5. Nós vestimos 20% das nossas roupas. Oitenta por cento fica no armário para o caso de uma possível necessidade.

A-ham...!!
Nem escrevo mais nada para dar tempo de se recomporem.

Estou com um sério problema aqui em casa...

Nem preciso de explicar, certo?

Mais um que achei caído na rua.
Não tem asas partidas, feridas, ou sinais de envenenamento.

Mas não voa, não sei porquê. Talvez ainda não saiba; é um jovem pombo.

Lá o trouxe, senão morria de fome/sede/crueldade humana ou animal.

Mas aqui em casa também não está lá muito seguro...

O Aramis tem bom feitio, mas não deixa de ser um gato.

Será que alguém pode dar uma ajudinha a um pombo desamparado, e ficar com ele até que consiga voar?


ADENDA:
O pombo acabou de falecer, depois de um sofrimento tenebroso, horrível de assistir.
Afinal, tinha sido envenenado. Mais um. Gente desgraçada que se dedica a isto.
Estúpidos desalmados. Que a força do karma lhes caia em cima com o peso do chumbo.
O L. está inconsolável. Não entende porque há pessoas más que matam passarinhos.
Nem eu.

As aves estão próximo do plano Elemental (das Fadas). Matar uma ave traz muito má sorte.

Como fazer um catavento

Durante o mês de Agosto, o L. está de férias escolares. E cheio de energia!
Por isso, criei uma rotina diária que inclui "a hora das actividades com a mamã".

É o momento do dia que ele mais anseia, porque nunca lhe digo o que vamos fazer.
Hoje mostro-vos uma das actividades-surpresa que fizemos esta semana: um catavento.

Usámos:
- 2 quadrados de papel reciclado
- aguarelas
- 2 paus
- 2 alfinetes
A parte das pinturas foi muito divertida. Ele não sabia o que ia sair dali.

Deixámos o papel secar de um dia para o outro e depois montei os cataventos.
- Uau, mamã...!
Este boneco às riscas é a "lagarta mágica", outra das minhas invenções. Ver aqui.

Quer fazer também um catavento? Aqui tem um bom esquema explicativo.

Obrigada, Sissamar!

Já disse que vos adoro? Digo agora: adoro-vos, meus queridos leitores.

E hoje, peço a vossa licença para falar de uma leitora em particular: a Sissamar.

A Sissamar vive em Sesimbra e faz os melhores biscoitos de alfazema do mundo. Oh oh se faz!
E enviou-me uma caixinha deles pelo correio.

Assim como um pacote de chá inglês, para beber a acompanhar os biscoitos.
E um livro de Feng Shui para ler durante.
Mais velas perfumadas para iluminar o momento.

Um par de brincos delicados e femininos e um saquinho cheio de guloseimas para o L..
E óleos essenciais para as minhas "bruxices".

Do fundo do meu coração palpitante.......... obrigada, Sissamar! Por tudo!
Adorámos!