Sagrado Feminino - dia 4


Isto é cor-de-rosa, vermelho e roxo, sim-sim.
E lá por vestir estas cores, não deixo de ser uma "bad girl".

Foto tirada pelo meu filho L., que se está a sair um belo fotógrafo.

Apaixonada pelas cores dos filmes de Almodovar,

Sagrado Feminino - dia 3


L. - Mamã, põe-te assim e faz fixe com o dedo.

Hoje celebra-se o Dia da Mãe em Portugal. E começou comigo a dizer:
- Filho, queres escolher a minha roupa e decidir como é que vai ser a foto do dia?

Que fui eu dizer. Oh Deuses. 
eheheheh

Na brincadeira,

Sagrado Feminino - dia 2


3 dias para o meu aniversário. Em processo de limpeza profunda. Lá fora, um sismo abanou a terra sob a Lua Cheia, trazendo à superfície tudo o que foi varrido para baixo do tapete.
Dentro de mim, arrumam-se peças soltas, e reorganizam-se as letras das palavras por ordem alfabética, para que tudo encontre um novo sentido, seja ele qual for.

De raízes expostas à luz,

Sagrado Feminino - dia 1


E aqui vai o mergulho de cabeça no Sagrado Feminino de 2015! 

O motivo da tiara e das flores e fitas penduradas no cabelo deve-se ao facto de ter estado hoje a celebrar o handfasting de dois amigos, onde tive a honra de desempenhar a função de sacerdotisa. Cada vez começa a haver mais casais que escolhem esta forma de união, que se baseia nos preceitos antigos pagãos. 

No próximo mês, vou casar mais dois amigos. Sinto-me uma espécie de padre, mas na versão pagã, que é como quem diz, uma bruxa-casamenteira. Haja Amor...

Entrelaçada com as fitas de Beltane,

Hazel