18/03/2009

Espadas-de-São-Jorge

Diz a lenda que São Jorge, um santo cristão que "enfrentava o mal", matou um terrível dragão com sua espada.

Eis a origem do nome da Espada-de-São-Jorge, que tem uma poderosa capacidade para proteger, purificar, e cortar inveja e mau-olhado.

Independentemente disso, acho-a uma bela planta (mas haverá alguma de que eu não goste?), e sempre desejei ter um exemplar. Agora tenho dois, ambos vindos do lixus.

Há sempre espaço para mais um vasinho...

Não está linda a minha espada? Mas não pensem que ela vinha assim. Está radiosa, porque se sentiu estimada e bem tratada.

Agora vou mostrar como ela veio, para verem como não existem plantas feias; existem, sim, plantas maltratadas e desrespeitadas (sim, elas são um ser vivo, e merecem respeito).

Vinha desolada, com as raízes enfiadas num saco de plástico, muitas folhas com as pontas secas...

As plantas produzem oxigénio, sem o qual não viveríamos - sim, isto é uma informação básica - mas porque será que as pessoas se esquecem disso, com a facilidade com que as deitam para o lixo?

E aqui está o recanto onde ela vive agora, feliz da vida.
Acham que invento, quando digo que está feliz? Pois saibam que não...

Para além da capacidade de renovar o ar, as plantas, quando bem tratadas, trabalham a nosso favor; protegem a nossa casa e a nossa família; absorvem as energias negativas; purificam os ambientes.
São como um exército silencioso, porém constante, que nos cerca e cuida de nós.

Já para nem falar nos seus Elementais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...