08/01/2010

Reaproveitar restos de velas. Com romantismo.

Então teve um longo jantar romântico, iluminado pela luz bruxuleante das velas...

As velas queimaram quase até ao fim e agora sobrou só um bocadinho, que não serve para nada.

Não serve? Ah, serve serve!

Sabe aquelas gavetas emperradas que, quando abre, saem aos solavancos?

Passe a vela nas arestas e veja-as deslizar como quando eram novas.

O mesmo aplica-se às janelas de correr (que não correm, mas arrastam-se a muito custo).
















Pode haver coisa mais romântica do que gavetas que abrem com facilidade e janelas que deslizam sem esforço e sem fazer barulho? :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...