Viva o lixo da rua do Rei!

terça-feira, abril 06, 2010

Não é segredo que a serra de Sintra é a minha segunda casa.
Conheço-lhe os recantos mais secretos; sei onde se podem colher as amoras mais doces; onde há figueiras, pereiras, tangerineiras, castanheiros... Até um lugar onde por vezes aparecem fantasmas silenciosos e observadores eu conheço. uuUUUuuuuu...

Mas não sabia - pasmem! - onde vivia D. Duarte Pio, o Rei (que seria, se vivêssemos numa monarquia).

... agora já sei!

Não, não fui visitá-lo, mas aos seus amáveis vizinhos, que foram muito gentis em convidar-nos.
Muito obrigada, O. e M..

Claro que não deixei de apreciar o exterior dos aposentos de Sua Alteza. Ainda me pareceu ter visto o seu bigode por detrás das cortinas... ou seria uma aranha gigante? :))

E encontrei esta linda e antiga estátua angelical no lixo da sua rua. Tinha que ser. Acho sempre coisas!
Preciso de dizer que a adorei?

Eu sei... é algo fantasmagórica, eu sei... ainda gosto mais! ahahahah


Este bocadinho de Sintra antiga, que ia ter um destino inglório, está neste momento no meu escritório, no meio das plantas.
Viva o lixo da rua do Rei!

P.S. - Escusam de perguntar, que não vou revelar o nome da rua.
Tranquilizai-vos, Sua Alteza, que não tereis multidões a espreitar-vos pelos portões.
O segredo está bem guardado! (nunca se sabe, ele pode ser meu leitor, hã) :))

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

34 COMENTÁRIOS

  1. Hazel,

    Você sempre encontrando o luxo no lixo. Que olhar clínico tens hein :)
    Beijo,

    Andreia
    http://universoemcores.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. olá hazel sem dúvida que a serra de Sintra tem um encanto muito especial.Namorei lá muitas vezes.É a primeira vez que estou a comentar,vamos ver o que vai dar. Hoje fui passear a uma praia que chamava praia da claridade Figueira da FOZ.OBRIGADO

    ResponderEliminar
  3. Um sr. "lixus" mais chique, portanto :)
    As pessoas da minha rua (quer na minha linda terrinha, quer na cidade onde estudo) não deixam relíquias no lixo! (não me estou a queixar, ainda bem que assim é!:P )
    Passei a ser uma pessoa mais atenta depois de começar a seguir o teu blog.
    Acho que por estes lados se gosta mais de plantas, de livros antigos, baús, bonecos e estes não vão parar às ruas da amargura...ou então não ando a passar pelas ruas certas...hummm...
    Ainda ontem falei à minha mãe do teu blog e de como há pessoas capazes de desperdiçar verdadeiros tesouros. Valha-nos que depois há pessoas como tu:)

    Beijinho* e obrigada por partilhares as tuas aventuras!

    ResponderEliminar
  4. Hazel,
    vc dá sempre um toque especial em tudo que faz. A estátua ficou perfeita no meio das plantas...
    Tenha uma ótima semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Linda estatueta !
    "Herdei" 2 peças muito interessantes e que certamente estariam no lixo, caso eu não as tivesse pegado para mim.
    Mas encontrar assim pelas ruas...
    Só você mesmo, Hazel-Gastão !

    Ficou muito bonita a decoração.
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Eu fiquei cheia de inveja em relação a esses sítios mágicos que conheces na Serra de Sintra. Vou lá muitas vezes, mas conhecer como tu conheces nem pensar.
    A tua estatueta tem o seu quê de realeza. Será que é por ser dourada ou terá que ver com sua Alteza? :P
    Temos de perguntar ao sr. lixus :P

    ResponderEliminar
  7. oi hazel,ficou lindo junto com as plantas.vim te convidar para visitar meu bloguinho http://minha-distracao.blogspot.com/vou adorar te receber um beijo para voce e parao L luciane

    ResponderEliminar
  8. Há dias não passava por aqui, mas que saudades dessa sua escrita macia, que nos conduz, sempre, a um sorriso no final.
    beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  9. Eu também faço desas recolhas :), mas depois dou-lhe o meu acabamento especial.
    bissous

    ResponderEliminar
  10. Hazel,mas que achado...e lindo demais,aqui para nos brasileiras ja estaria devidamente colocado em um aparador...não que não goste do lugar onde voçê colocou,afinal as plantas são magicas,mas e se pintasse de branco...um tesouro....caro e belo.
    Deusa
    vasinhos coloridos.

    ResponderEliminar
  11. Hazel! O Universo te guia para vc encontrar esses tesouros. Seria muito desperdício que coisas tão interessantes fossem dispensadas e destruídas.
    E ficou uma beleza!
    Bjos e bom dia

    ResponderEliminar
  12. que maravilha .,.,.,muito bom esta lindo

    ResponderEliminar
  13. Assim, decorar a casa fica barato!!! :)

    ResponderEliminar
  14. O lixo da rua do rei deve ser sempre assim, um luxo, queria viver nessa rua, também proveito coisas que ainda estão boas, se bem que... se vivesse nessa rua, não iria precisar desses lu(i)xos :P

    ResponderEliminar
  15. É tao bom ne minha amiga ganhar de presente mesmo que seja assim coisas que agradam os nossos olhos, isso é muito bom, confesso que nao gosto muito de artigos assim, mais isso nao importa nao é?! Sabe o que imaginei porcima dele? um aquario redondo!!

    um abraço!

    ResponderEliminar
  16. Eu acho que não é vc que as encontra, são elas que se atraem por vc...!rs
    Não achei assim tão assustadora, claro tem seu charme e seu encanto...!

    Quando eu era criança achava muitas coisas no lixo, uma vez achei um "saquinho "cheio de anéis (bijuterias), mas pra mim foram verdadeiras jóias...eram poucas as coisas que minha mãe deixava levar pra casa, e acho que as coisas pararam de se atrair por mim, desde então...vou abrir meus olhos novamente e ver o que me chega...!!*)

    Um bjão, Pá.

    ResponderEliminar
  17. Ahahaha! Provavelmente os bigodes do sr. rei estavam à cuca para ver se alguém levava o anjinho que a dona isabelinha já não suportava ver em casa! :)

    (estou a brincar, claro! não vá ele ler o meu blog também!!)

    :D

    ResponderEliminar
  18. Tu dás tanto à natureza...ela só poderia retribuir-te dessa forma...
    Beijinhos
    Catarina

    ResponderEliminar
  19. Ai, ai que lixo mais dadivoso!!! Ficou muito bem entre as plantas como a se esconder por entre as folhas!Como o Fabiano imaginei alguma coisa em cima dele, mas imginei uma planta, dessas que caem em volta do vaso. Beijos

    ResponderEliminar
  20. olá Hazel, querida.
    lindinho o seu anjo.E no meio das plantas ele encontro o seu lugar.
    que sortuda, achar uma preciosidade dessa.
    Beijo e tudo de bom.

    ResponderEliminar
  21. Xii ha tanto tempo e tanto para ler, a ver se ponho isto em dia!

    A casa do "Senhor" é muito facil de saber, a malta por estas bandas reconhece facilmente, é mesmo ao lado dos .. gosto muito da casa dele, tem aquele ar classico de outros tempos ( só podia ) e o jardim é fantastico.

    O anjo é muito bonito, tivesse eu o encontrado tambem o trazia :))

    Beijinho

    ResponderEliminar
  22. puxa! será que o expulsaram do céu?

    ele nem tem cara de anjo mau...

    agora sim está no paraíso...

    beijo

    Walter

    ResponderEliminar
  23. Olá Hazel, lindo esse anjo,aqui é difícil encontrar belezas assim no lixo, o lixo do Brasil é bem diferente do de Portugal,rsrs!
    Bjs...

    ResponderEliminar
  24. Hazel e seus achados...
    Depois que eu comecei a ler o seu blog, sempre olho ao redor com mais atenção durante os meus passeios, e até já achei 2 poltronas que depois de limpas e reformadas ficaram lindas na minha sala! :-)
    grande beijo

    ResponderEliminar
  25. Hazel e seus achados...
    Depois que eu comecei a ler o seu blog, sempre olho ao redor com mais atenção durante os meus passeios, e até já achei 2 poltronas que depois de limpas e reformadas ficaram lindas na minha sala! :-)
    grande beijo

    ResponderEliminar
  26. Olá,Hazel!
    Sabe quando descobrimos que alguém já é muito próximo de nós? Quando descobrimos que os nossos pensamento se convergem em sintonia.
    Alguns dias atras achei uma gaiola linda no lixo daquela que lembra um chalé(cabana)e ela ficou num cantinho e hoje lavei pra depois pensar o que faria.
    Quem sabe uma flor ou passarinho(de mentirinha)?
    Então!Chego prá minha visita costumeira a sua vossa casa e te pego falando de que ????
    Beijos para você e os seus.

    ResponderEliminar
  27. Ficou bem giro no meio das tuas plantas :)! Confesso que no porta-bagagens ainda lhe achei um ar meio "abatido" mas agora já se vê que o anjinho precisava era do lugar certo..hehe...

    Bejinho grande ***

    Ariadne

    ResponderEliminar
  28. Ariadne - Castelo de Asgard:

    Isso vi eu, que não tinhas gostado dele! ahahahaha
    Mas ainda não consegui perceber de que material é feito. Tu disseste loiça, um amigo meu disse madeira, mas acho que nenhum dos dois acertou.
    Também não é pedra.
    Às tantas, é adamantino lolol

    Sabes o que ele me faz lembrar? Aquelas estátuas mitológicas no jardim da Quinta da Regaleira.

    ResponderEliminar
  29. Ema:

    Talvez...
    Mas ela é pesada, e a resina é leve, não é?

    ResponderEliminar
  30. Em princípioo é. daqui pareceu-me resina. pode ter alguma estrutura interna que a torne + pesada.

    ResponderEliminar
  31. Em princípioo é. daqui pareceu-me resina. pode ter alguma estrutura interna que a torne + pesada.

    ResponderEliminar
  32. Pois, faz sentido, para não cair com o vento (ela estava num jardim, a avaliar pelas ervinhas que trazia agarradas).

    Obrigada :))

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥