O nascimento de Afrodite

sexta-feira, julho 06, 2012

Gaia, a Deusa da Terra, sentia que faltava algo na sua existência. Precisava de alguém que a completasse e com ela formasse o lar perfeito para os deuses bem-aventurados.
E, assim, gerou espontaneamente Urano, o Céu Estrelado.

Com Urano, Gaia teve muitos outros filhos [sim, na mitologia, o incesto não tem a mesma relevância que no plano dos mortais!], todos extremamente poderosos.

Urano conseguia prever o futuro e receava o poder dos seus filhos Titãs, pelo que encerrou o útero de Gaia para que não conseguisse mais dar à luz.
Mas nem por isso ele controlava a luxúria...

Gaia, grávida em fim de tempo, agonizando de dores e sem poder parir, pediu ajuda aos seus filhos para livrar-se da crueldade de Urano.

Apenas Cronos, o mais novo, acedeu ao seu pedido, tomando nas mãos uma foice entregue pela mãe, e usando-a para castrar o pai.

Os testículos de Urano foram atirados para o mar, e da espuma que se formou, emergiu das águas Afrodite, nascendo assim a Deusa do Amor, da Beleza e da Sexualidade.

[Na mitologia romana, Vénus é a sua equivalente.]

Hoje, que é Sexta-feira, dia da semana regido por Afrodite, honremo-la, queimando como oferenda incenso de Amor enquanto nos entregamos aos prazeres do corpo e da alma.

Beijos de espuma do mar,


Hazel

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

1 COMENTÁRIOS

  1. Acabo de conhecê-los e agradeço por deixarem entrar na casa de vocês.
    Confesso que faze não saio. Me senti muito bem lendo os posts e conhecendo cada cantinho.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥