Mosquitus horribilis!

sexta-feira, junho 28, 2013

Essas put*s. Reles serviçais do pérfido Príncipe Vlad Dracul.
Desprezíveis aliadas de incubus e sucubus. Servas incansáveis de Kali. Aaaaaah!


É meio suada e meio enlouquecida, a horas tardias numa noite de Verão em que deveria estar a dormir, que vos dedico este texto onde vomito o meu profundo desprezo pela vossa existência.

As lagartas das couves têm mais dignidade que vós. As lesmas.

As moscas-varejeiras que pousam nos excrementos moles e quentes. Até os oxiúros que habitam o interior de um intestino fétido. Como vos odeio.

- Pausa dramática para suspirar -

Que direito tendes vós de perturbar o meu descanso.

Que direito tendes vós de percorrer o meu corpo desnudo que jaz adormecido sobre os lençóis quentes e de sugar o meu sangue, quais vampiras insaciáveis.

Que direito tendes vós, como se tal ainda não bastasse, de vos rejubilardes com histéricos e irritantes zumbidos que penetram os meus ouvidos torturando-me durante uma noite inteira, suas malditas e abomináveis melgas?

Isto não vai ficar assim. Só tenho uma coisa para dizer: insecticida.

Ensandecida,



PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

7 COMENTÁRIOS

  1. Oi Hazel, não sabia que vocês tinham este tipo de mosquito ai em Portugal. Ele (ou melhor ela) é irritante em qualquer lugar do mundo, pelo jeito ;)

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. E no meu caso o pior de tudo é que elas deixam manchas terríveis e escuras na minha pele, fora a ardência. Além do incomodo, vem a alergia. hehe Triste. :~~

    Marta

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, por trocar o papel de fundo! Lindo! Beijos!

    ResponderEliminar
  4. Folhas de eucalipto ajudam a afastá-las. se secas, queimar um bocado e passar no quarto onde se vai dormir. se verdes, à janela ou por onde elas entram. e o senhor Vlad Tepes era Príncipe, não Conde ;)

    Boas fugas às malditas. Eu já estou encharcada em anti histamínicos, senão colapsava...

    sibila

    ResponderEliminar
  5. Elas são umas desgraçadas,mas eu enquanto não as mato não durmo.E quase sempre consigo.Não imaginam a leveza que sinto depois quando me deito.Finalmente posso dormir.

    ResponderEliminar
  6. Ola Hazel,
    Será que tens conhecimento de algum tipo de receita caseira ou tratamento de plantas que seja bom para tratar o problema dos pelos encravados?
    Grata!

    ResponderEliminar
  7. Carina Oliveira:

    Vou procurar nos meus livros, grata pela sugestão!
    Beijos

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥