Poema: SETE CHAVES E TRÊS RÃS

quinta-feira, outubro 20, 2022

JÁ ESTÁ NAS LIVRARIAS a Antologia de Poesia "Entre o Sono e o Sonho" - Vol. XIV, da Editora Chiado Books, com este poema da vossa escriba:


SETE CHAVES E TRÊS RÃS

Se viveis triste pelos cantos
Trocai os prantos por encantos
Sentai-vos aqui bem junto a mim
Escutai a história até ao fim

Todas as Bruxas são iguais
Aparentemente seres normais
Mas conversam com animais
Plantas, estrelas e cristais

Têm cabelos d’teia-de-aranha
Sábia língua de serpente
Olhos de coruja castanha
Unhas de gato e um Crescente

Escondem livros de feitiços
Fazem magias, desfazem enguiços
Dança a colher no caldeirão
Arruda, Vinca e Sangue-de-Dragão

No mistério do sobrenatural
Cosem amuletos e talismãs
Adivinham o futuro, espantam o mal
Têm sete chaves e três rãs

Seu coração, uma caixa de jóias
Forrada a seda e a veludo
Guarda sonhos e memórias
Quem nele entrar, há-de amar tudo.



Hazel
Foto: Hazel, por Raúl Santos

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

1 COMENTÁRIOS

Obrigada pelo seu comentário ♥