A lenda de São Martinho

terça-feira, novembro 11, 2008


Nos dias perto de 11 de Novembro, o Outono faz sempre uma pausa, dando lugar a um clima quente e soalheiro, como se fosse Verão -  o "Verão de São Martinho".

Diz a lenda que numa noite de bastante frio e chuva, um soldado romano encontrou um mendigo mal agasalhado e cheio de frio que lhe pediu esmola.

Não tendo mais nada para lhe dar, o soldado rasgou ao meio a sua capa, e ofereceu-lhe metade.

Para retribuir esse acto de bondade, todos os anos, por esta data, o Outono passou a fazer uma pausa, para que o calor e a alegria inundassem, por uns dias, a Terra.

É tradição comer-se castanhas assadas, acompanhadas de jeropiga ou água-pé.


Hazel

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

16 COMENTÁRIOS

  1. Olá linda Hazel.

    Adorei as castanhas que ontem comi na tua companhia e do L...

    Um dia Feliz.

    JM

    ResponderEliminar
  2. nossa Hazel...
    lendo essa história comecei a arrepiar...aqui em Goiânia hj está sem sol e o clima fresquinho, fresquinho...
    O que será que está acontecendo com mundo??? Será que realmente Deus esqueceu que hj é dia 11/11?
    :(
    bejim

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Que coincidência, acabei de postar sobre S. Martinho...!
    Mas o seu post está muito mais completo! Parabéns!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Hazel, li seu comentário em meu blog e cá estou para lhe agradecer a atenção e as palavras de consolo.
    Aproveito a oportunidade para te parabenizar pelo seu blog que é uma verdadeira inspiração para as coisas belas da vida, por isso o acompanho...
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Que linda história!..
    Sempre temos o que doar... um gesto de amor... um sorriso... um ombro amigo. Linda lenda!

    ResponderEliminar
  6. No conocía esta historia Hazel, qué lindo!! A comer castañas se ha dicho, que las disfrutes mucho y la bebida.. será para el año próximo :-)
    Besosss♥♥

    ResponderEliminar
  7. Muuuito linda essa história Hazel !!! Solidariedade é sempre preciso ! Adorei !
    Bjuss*

    ResponderEliminar
  8. Oi Hazel, acho que não é Deus que está distraído, são os seres humanos que não estão merecendo as bençãos... e com toda esta mudança no clima do planeta, não há tradições que se mantenha ,não é mesmo? Sinto pena pelos nossos filhos, que poderão não viver muitas das nossas lendas e histórias. Hum, adoro castanhas!! Pena que aqui é tão caro!! Beijos querida

    ResponderEliminar
  9. Oi Hazel!
    Linda essa lenda de São Martinho, eu não conhecia!
    Poxa vida já pensou se todos fossem solidários?
    Com certeza Deus ficaria muito orgulhoso de suas criaturas e nos daria um verão eterno!
    Todo dia procuro um motivo para comer castanhas de tudo que é tipo... Rsrsrsr... Já encontrei o de hoje. Obaaaaa!
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. É mesmo, está um frio, brrrrr...
    Nunca provei jeropiga, acreditas?! Mas tenha sidra espanhola, rsss...deve dar um bom substituto!
    Beijinhos e bom S.Martinho, Hazel!

    ResponderEliminar
  11. Hazel, querida, quando chego para ler seu blog sinto uma paz... nem sei como explicar. Só sentindo, mesmo. Linda a lenda se S. Martinho e as castanhas, ai, ai, pena que por aqui não dê para comer toda hora. É do que meu filho (que esteve na Europa) sente mais saudades. Aqui também está frio e chuvoso, hoje. Penso como a Isabel. Será que estamos merecendo estas bênçãos divinas? Bjs

    ResponderEliminar
  12. Aqui no Rio Grande do Sul há uma tradição semelhante a esta, mas refere-se ao dia de São Miguel, 29 de setembro. Ao invés de tempo bom, fala-se das "chuvas de São Miguel": no dia 29 de setembro (alguns dias antes ou depois também vale) devem cair algumas chuvas, que garantem que não se terá seca naquele ano. Mas desconheço a origem da crença e a relação com o Arcanjo.

    ResponderEliminar
  13. Ouvi essa semana sobre a necessidade dos seres humanos serem sal, doar e por muitas vezes não ser notado pelo ato, assim como o sal, que não aparece na comida, mas sentimos o seu sabor...
    Adorei o post....
    bjocas

    ResponderEliminar
  14. Que giro! Desconhecia esta "lenda"...que giro!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Oi, Hazel:
    Gostei de saber que hoje é dia de São Martinho. (dia 11 - número que representa a força)
    Meu avô materno era de um lugar chamado São Martinho (Pinheiro da Bemposta - Aveiro), e por isso era chamado de "o samartinho". Minha mãe, então, já que era filha de um samartinho, era a Samartinha, e ela adorava ser chamada assim.
    Histórias, histórias...
    Beijo
    Flora Maria

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥