Estou fora. De moda. E gosto.

quarta-feira, setembro 02, 2009

Sou uma fora-de-moda feliz e assumida!

Gosto de me atirar de cabeça para dentro dos baús, desencantar velharias caídas no esquecimento, e trazê-las para o meu dia-a-dia.

Hoje apeteceu-me mostrar-vos algumas das minhas coisas antigas preferidas:

Um xaile branco com franjas.

Fui buscá-lo ao roupeiro de propósito para tirar esta foto (não reparem na ventoinha - esqueci-me de escondê-la!).

Era capaz de usá-lo todos os dias.
Aquece e aconchega sem a formalidade de um casaco.

É o meu acessório de Inverno favorito.

O necessaire - a típica peça vintage!

Este necessaire é muito antigo; acompanha-me há cerca de 20 anos, mas já existia antes:

Foi um achado que a minha mãe fez no lixus quando eu era criança. Na época, fartei-me de ralhar com ela e dizer que era uma vergonha se alguém a tivesse visto (mas fiquei com ele na mesma, pois...).

A ironia do destino é que agora sou eu que faço achados no lixus, e ainda tenho a ousadia de mostrá-los ao mundo inteiro. O que a idade faz a uma pessoa...



O leque.

No Verão, gosto de trazê-lo na mala. Porque uma dama deve estar sempre prevenida para os momentos de maior calor. oh oh




Bolsa estilo vintage.

Adoro malas que têm este tipo de abertura em cima, que se assemelha a uma boca (até têm um nome, mas não sei qual é).

Ando sempre com ela. Usá-la-ei até que fique tão sebosa que os Restaurantes proíbam a minha entrada por atentado às normas de higiene (estou a brincar... às vezes, ponho-a de molho com água e detergente, e lavo com uma escova).


Sou uma rebelde, que não se submete à ditadura do "que se usa", mas que se deixa levar pelo encanto do antigo.

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

40 COMENTÁRIOS

  1. Hazel, vc está mais que na moda. A moda agora é reaproveitar, reciclar, é ser vintage, que eu particularmente acho muito chic. Todas as peças mostradas são lindas e merecem ser usadas. Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Oi Hazel.
    Penso que a moda somos nós que a fazemos.
    nem tudo que é modermo combina com a minha personalidade.
    POr isso uso o que gosto independente da idade do produto.
    Isso vale para tudo, seja moda ou não se não gosto não quero.
    Fazes bem em conservar oque gosta.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Não sei qual das suas antiguidades é mais bonita. Gosto de todas :)
    São maravilhosas e sou também sou uma fã do que é considerado fora de moda. Cada vez mais ;)

    ResponderEliminar
  4. Pois é querida Hazel, o "fora de moda" parece estar na moda ultimamente... rs

    E parabéns, todas as peças mostradas são lindas!

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  5. Pois pode deixar que vou fotografar as minhas "velharias" lindas! Adoro todas: vestidos, leques, bolsas, xales, sopeiras e por aí vai.
    Não gosto nadica de ficar trançando pela vida igual a todos pois eu sou Walkyria. Uso o que gosto e como gosto.
    Objetos de casa, são colocados aonde mais me agrada. Tenho cômoda, guarda roupa com espelho bisotado e pinguins na sala.Este é meu jeito. Bjos

    ResponderEliminar
  6. Quem não gosta de uma peça antiga? Elas trazem consigo uma bagagem historica bem grande. Não sou boa em conservar coisas velhas, não gosto de casa cheia, de bagunça... por isso muitas vezes me desfaço de coisas lindas e velhas. Ainda bem q existem Hazel's que sabem dar a essas coisas mais valor q eu...
    Já estava com saudades dessa casa tão cheia de coisas alegres.
    Beijos duplos (eu e meu bebê).

    ResponderEliminar
  7. Quem faz a moda somos nós!
    tudo o que você postou eu gosto hahahahah Tb tenho um xale bem parecido com o seu e adoroooooo leques.... affff me sinto chique me abanando com eles heheheheheh

    ResponderEliminar
  8. Que coisa, Hazel. é assim mesmo, nos tornamos como os nossos pais à medida que ficamos mais experientes. Só precisamos ter cuidado para não cair nos defeitos da velhice. Todos os objetos são legais e quando trazem histórias então, são perfeitos.
    ;)

    ResponderEliminar
  9. Custa-me muito deitar coisas fora, tenho roupa que passou de moda e voltou a usar-se novamente sem fazer má figura.Bjo.

    ResponderEliminar
  10. Uma jura de amor nasce do peito
    O querer vestiu-de de exaltação
    Um olhar prende um sorriso sincero
    Duas mão procuram a união

    Seguem juntos rumo ao infinito
    Habitam o Templo da imaculada ternura
    Nesta peça ninguém morre, acaba bem
    As deixas são engalanadas pela formosura


    Queres viajar no para sempre...?

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  11. Flor!
    Por isso que vc é única.Te adoruuuu!
    Muitos beijos pra ti.
    Cris

    ResponderEliminar
  12. oi Hazel, meu quarto e violeta sim ousado eu ne rsrs, tem uma parede branca e as demais violetas, a parede branca é aquela do post do baú...

    nao tenho certeza se é a musica do quebra nozes, hoje estou com pouco tempo, tenho que estudar, depois olho e te falo!...

    mixpod, sabe o que acontecia, minha internet era discada, e net discada demora caregar as paginas,a banda larga é um pouco cara, aqui no brasil ainda tem muita gente que usa a discada, só a duas semanas que meu pai contratou a internet banda larga, depois vou olhar o mixpod direitinho, obrigado pela dica...

    A hazel voce nao é fora de moda, tem o estilo vintage, acho muito bonito, abraços!

    ResponderEliminar
  13. adorei tudo, mas confesso q o leque é uma lindessa a parte. E olha que com esse calorzão do brasil o que mais tenho feito é procurado na net por um e este é realmente lindo...
    bem, seeu blog despensa comentários sempre, adoro vir aqui!

    beijinhos cheio de carinhos

    ResponderEliminar
  14. Oi hazel

    Vc esta mais que certa. vc é vc mesma! admiro pessoas assim.

    as maiorias das mulheres se vestem para as outras e nao pra elas mesmas.

    Bjusss

    ResponderEliminar
  15. Vim ler e saí a pensar; será que sou assim tão "fashion" que não consiga lembrar-me de alguma peça ou acessório que use, apesar de não estar na moda?! Não creio, mas a moda para mim tem importância, embora não seja ditatorial ( canudo, nunca na vida me apanharão de leggings ou sarouel!), mas enfim, também tenho um leque na mala, aliás dois, oferta do dia da mãe, e não hesito em usá-los!

    Creio que desde que nos sintamos bem com o que vestimos, tudo é permitido, desde que nos valorize, claro!

    Quanto a objectos, bem aí estou à vontade, a minha casa é decorada ao meu gosto, não das revistas de decoração; basta dizer que muito antes dos pratos de parede estarem na moda, já eu os tinha!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Hazel, Hazel, Hazel, se existisse em cada cidade desse mundo uma pessoa igual a vc, o nosso planeta estaria protegido.


    bjks

    ResponderEliminar
  17. Estou super atrás de uma necessaire desse estilo. Mas o seu modelo é um luxo. Morri...de invejinha, hahahaha.

    ResponderEliminar
  18. Esse é o meu território,pois só uso roupas antigas !
    Não compro praticamente nada, usando o que já possuo, ou o que ganho.
    Só lastimo não saber costurar, pois aproveitaria muito mais reformando e transformando tudo o que aparecesse na minha frente.

    Outro dia uma pessoa comentou que leque está fora de moda, só as velhinhas usavam. Confesso que lastimei um comentário tão "pobre de espírito"...
    Leques são maravilhosos, charmosos, elegantes, além de úteis.

    Passei a admirá-la mais ainda por sua postura corajosa e lúcida.

    Beijo

    ResponderEliminar
  19. Oi Hazel,
    Que lindas suas "velharias"!
    Tenho paixão por coisas antigas. Sejam objetos ou roupas. E se forem heranças de família, tenho mais apreço ainda.
    Conservo muitas das roupas que era de minha mãe antes de ela casar. E tenho cá pra mim que não consigo andar na moda, mas gosto muito do meu andar com jeitinho de antigo.

    Um grande beijo pra você.

    ResponderEliminar
  20. Olà , nao tens nada que ja tenha passado de moda , agora a moda è mesmo essa rsrrs
    Eu tambem sou assim , quando me sinto bem com uma coisa nao largo ;)
    bjs

    ResponderEliminar
  21. Cá está o necessaire. É lindo e muito útil.

    Também uso ventoinhas de pé alto, excepto na cozinha que tenho uma de bancada. Fazem muita falta no Verão.

    Muito interessante o post.

    ResponderEliminar
  22. Obrigada a todos pela vossa contribuição.

    Alguns comentários aos vosso:


    - Fernanda: O que é "sarouel"?! Nunca tinha ouvido essa palavra. Deve ser qualquer coisa que esteja na moda, presumo!! ;)


    - Flora Maria: Esse tipo de comentários não passa de preconceito. Eu sou nova (trintona) e uso leque. E se isso é coisa de velhinha, então aplausos para as velhinhas, pois elas é que sabem das coisas! kakakak

    ResponderEliminar
  23. Rosto escondido, corpo belo e um leque misterioso...

    Funde-se passado e o presente.

    ResponderEliminar
  24. Hazel!
    Tu consegues ver a essência das coisas. Dás valor a qualquer objeto que te caia nas mãos e transformá-os em uma outra coisa mais bela. Trazes a história de cada objeto para a tua vida.
    Aprecio muito a tua sensibilidade. Sinto-me muito bem ao ler teus textos...
    Parabéns! Teu blog é tudo de bom.

    ResponderEliminar
  25. Oi Hazel
    Fiquei uns dias sem aparecer por aqui , só curtindo a filha que veio de NY passar férias no Rio.Adoraria ser como vc que salva plantas do lixo e conserva coisas antigas.Eu simplesmente me desfaço de muitas coisas que tenho para poder adquirir outras novas e manter sempre tudo limnpo e organizado.Tenho porém algumas peças antigas , tenho até um leque que comprei há alguns anos num antiquário de Buenos Aires, adoro, não sai da minha bolsa no verão!Gostaria de te mostrar, o leque e outras coisitas, mas como faço , onde postar?Não tenho blog...passo por e-mail?
    Ah, sarouel, é uma calça que tem o gancho bem baixo, parece uma fralda de crianças , é uma moda horrível, a Glorinha Kalil , consultora de moda super famosa no Brasil, fez um comentário hilário sobre a sarouel, disse que essa é a roupa mais democrática que ela já viu, veste mal todas as mulheres, gordas e magras, jovens e idosas!

    ResponderEliminar
  26. Sandra Vallim:
    Pois é, já sei que calça é essa. É moda aqui em Portugal. Também não aprecio.
    Sim, podes passar as fotos por email: witchyhazel@gmail.com
    Adoraria vê-las! Obrigada.

    Beijos

    ResponderEliminar
  27. Cara Hazel
    Dei com o seu blog há pouco tempo e deixou me surpreendidida, desde o próprio blogue como em si como descobri algumas afinidades consigo nomeadamente no q diz respeito á ligacão q temos com "coisas" mas q no fim não simples coisas quase sempre tem uma història eu também sou assim e mais há algum tempo para cá dei comigo a modificar e até reciclar as mais variadas peças afinal esta na moda e é ecologico.... bjos vamos-nos vendo por aqui

    ResponderEliminar
  28. Tereza Limão:

    Seja bem-vinda, então.
    Que bom sentir essa afinidade, faz-nos sentir mais compreendidas, não é?

    Volte sempre!
    Beijos

    ResponderEliminar
  29. Sou obrigada a acrescentar...sua necessaire,na verdade é uma frasqueira!E o termo é vintage também!hehe

    ResponderEliminar
  30. Srta. Formiga:

    O termo "frasqueira" tem a ver com os frascos de perfume, certo?

    Que bom saber isso.
    Grata pelo contributo!

    beijos

    ResponderEliminar
  31. se está fora de moda
    tambem estou pois adorei seu visual

    acrdito na moda interior, aquela de nos vestir com aquli que nos faz bem e mais nada

    beijos

    ResponderEliminar
  32. Quanto mais exploro a teu blogue, mais gosto.
    Admiro muito a irreverência e autenticidade dos "fora de moda", pois não é só a roupa, é o ar de quem se sente bem.
    Tenho pena de não ter "coragem" para vestir "coisas" que imagino... mas 1º tenho que arrumar outras "coisas" para me encontrar.
    Estou a alongar-me, ADORO o teu bom gosto. É assim mesmo, continua!
    Beijinhos e Feliz Natal

    ResponderEliminar
  33. Ola, tb gosto de coisas q tem historia e q me emocionam,lindas suas
    "coisas antigas". Me emociono com seu blog. Lindo. Quero copiar as musicas, posso??? bjs

    ResponderEliminar
  34. Amelia:

    Muito obrigada :))

    Quanto às músicas, esta playlist tem cerca de 100 faixas a tocar. Cada uma foi cuidadosamente escolhida por mim, e o seu conjunto reflecte o meu interior, a minha essência. Levei 2 anos a reunir estas músicas, deu-me bastante trabalho.

    Podes copiar algumas músicas, sim, mas o conjunto todo não faria sentido, pois esse conjunto sou eu...
    Existem milhões de músicas lindas na internet, seguramente irás encontrar algumas que te "falem" ao coração, pois cada pessoa tem a sua própria essência, a sua própria vibração.

    Agradeço muito pelo elogio

    ResponderEliminar
  35. Oi, também adoro velharias!!! E também sou adepta de encontrar coisas no lixo. Já achamos livros, uma impressora em ótimo estado, caixas organizadoras, etc. Doamos tudo para brechó beneficente pelos animais carentes, q o pessoal organiza por aqui. É muito legal reciclar, ainda mais se são coisas queridas de nossas mães, avós. Bjs

    ResponderEliminar
  36. olá Hazel,
    Parabéns....pelo sagrado feminino, mas por que escondes o rosto??
    Logo logo mandarei minha foto.
    Bjs
    Eliana Delatorre

    ResponderEliminar
  37. Olá Hazel,
    Por favor me ensina como colocar nome em minhas fotos.
    Bjs
    OBS.. minha amiga para assuntos de blog
    Eliana Delatorre

    ResponderEliminar
  38. Já devo estar atrasada para os comentários mas foi a primeira vez que encontrei alguém que, como eu, não "dá bola" para a moda, desde que o que usamos esteja adequado à nossa idade e não pareçamos umas palhaças (jamais voltarei a usar mini-saia). Aliás, acho que a moda é uma escravatura que só enche a barriga de quem a inventa... e esvazia o bolso de quem a segue. Continuo usando roupa de há dez ou quinze anos ... que me serve. Ah! e leques também!
    Fernanda - Entroncamento

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥