Varrer, varrer!

terça-feira, dezembro 29, 2009

Hoje não é para voar, mas para varrer!
Poemas tontos gosto de escrever

Varro no chão e varro no ar
O lixo e os males irei libertar

Que entrem novas energias
Palavras doces, verdadeiras e macias

E quando finalmente terminar
Voltarei para a todos convidar

Para a festa de fim de ano...
... na Casa Claridade, c'um catano!
:)

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

13 COMENTÁRIOS

  1. Nossa, ficou ótima a poesia, adorei!

    E adorei também sua visita ao meu cantinho, o seu espaço é mágico e muito especial!

    Já estou te seguindo, com prazer!
    Um lindo dia p vc Hazel!
    Bjos

    ResponderEliminar
  2. C'um catano, hazel!é hora de , em fim de ano, fazer a "limpeza" habitual...Deitar fora as "velharias" da nossa vida atarefada e, por vezes, atrapalhada!
    Beijos de bom ano de
    Lusibero

    ResponderEliminar
  3. Varrer, varrer, é necessário para que o próximo ano de 2010 nasça em beleza!..
    Quando vivi em Lisboa nos anos 60 era habitual na noite de fim de ano, no Bairro Alto, atirarem pelas janelas o lixo e velharias... Quem andasse na rua...

    Boas Entradas e continuação de Boas Festas. Um 2010 cheio de felicidades.

    ResponderEliminar
  4. Da limpeza saiu um belo poema muito criativo ;)

    ResponderEliminar
  5. "Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
    Vive uma louca chamada Esperança
    E ela pensa que quando todas as sirenas
    Todas as buzinas
    Todos os reco-recos tocarem
    Atira-se
    E
    — ó delicioso vôo!
    Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
    Outra vez criança...
    E em torno dela indagará o povo:
    — Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
    E ela lhes dirá
    (É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
    Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
    — O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA..."
    ( Mário Quintana)
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está aqui para desejar para você um ano de 2010 de muita LUZ. Que nele você consiga realizar alguns de seus mais importantes propósitos.
    E que DEUS ÑANDE RU continue nos anemçoando COM A SUA ETERNA GRAÇA pelo resto de nossas vidas. Agradeço sua presença em meu blog durante o ano de 2009 com seus comentários sempre muito carinhosos e relevantes.
    QUE SEJAMOS FELIZES.
    FELIZ ANO NOVO !
    Saudações Florestais !
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Como eu baixo esse livro ? Coloca o link para mim, minha conexão não deixa baixar a página toda.

    ResponderEliminar
  7. Silvana Nunes:

    Enviei o link para o teu email.
    Qualquer dúvida, escreve

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Olá Hazel!
    Que belo poema!
    Bom Ano Novo!
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. c'um catano...
    ena pá assim é que é, toca a varrer (mas não varras à noite, sempre ouvi dizer que afasta o dinheiro, será verdade?!)

    possivelmente não estarei para a festa de fim de ano...mas passo dps sempre ficam uns resistentes e eu entro e fico um pouco

    Deixo os meus votos de um excelente Ano de 2010
    bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  10. hehehe, poema engraçado.

    boas limpesas, pois então
    para a entrada do novo ano
    e que se faça um festão
    na casa claridade, c´um catano!

    adorei este final do teu poema e não pude deixar de o salientar

    hehehe...haja festa!

    :-)

    ResponderEliminar
  11. Olá !!!
    Encontrei a FELICIDADE e ela me disse que ia pra tua casa. Pedi que ela levasse também a SAÚDE, AMOR e Prosperidade. Recebe-os com muito carinho, vão em meu nome. Feliz Ano Novo
    Beijinhos
    Linda

    ResponderEliminar
  12. Olá meu doce,

    "Que as realizações alcançadas este ano, sejam apenas sementes plantadas, que serão colhidas com maior sucesso no ano vindouro."
    Feliz 2010!!!

    ResponderEliminar
  13. Hazel

    Votos de um Bom Ano de 2010 para si e sua Família.

    Abraços

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥