Amor-Próprio

terça-feira, novembro 23, 2010

À noite, quando me deito, naqueles minutos de transição entre o sono e a vigília, muitas vezes "recebo" informação. Como uma antena receptora.
Ideias e frases formam-se na minha cabeça com grande clareza.
Não sei de onde vêm, mas acho fantástico. Isto foi o que "recebi" ontem:

O amor-próprio caminha de mãos dadas com a auto-confiança.
Amor-próprio é gostarmos de nós. Apreciarmo-nos enquanto seres humanos.
Jamais comparar-nos com outros, porque cada pessoa é única e incomparável.

Reconhecermos valor em nós e fazer os outros respeitarem esse mesmo valor.
Como? Mostrando. Dando o exemplo, respeitando-nos a nós mesmos.

Tudo parte do nosso centro interno.

Amor-próprio é defendermos o nosso Ser como quem defende um bebé recém-nascido.
Porque a nossa Alma é isso; um bebé nas garras do Ego.

Amor-próprio é agradecer quando dizem que somos bonitos sem nos envaidecermos, mas com humildade.

E compreender o que significa essa beleza que vêem em nós.

Ser bonito não é ter "as medidas perfeitas", mas usar aquilo que temos de forma perfeita: fazendo o melhor que podemos.

Não são os meus olhos que são bonitos, mas a pureza cristalina, sem máscaras, com que eles transmitem as minhas emoções.

Não é a minha boca que é bonita, mas o sorriso sincero que teima em aparecer, mesmo em dias de mau feitio, sempre que encontro alguém.

Não é o meu cabelo que é bonito, mas a forma livre, solta e natural como ele cresce.
Sem artifícios. Apenas sendo como é.

Não são as minhas mãos que são bonitas, mas a energia quente que elas irradiam do seu centro cada vez que acaricio o rosto do meu filho, que cuido das plantas, ou afago o gato.

Não é a minha voz que é bonita, mas forma honesta como falo. E os silêncios que tantas vezes faço, para não ferir o amor-próprio dos outros.

Não são os meus pés que são bonitos, mas as vezes em que, ao caminhar, me desvio das flores que nascem no intervalo das pedras da calçada, para não as pisar.

Não é o meu jeito de ser/escrever que é bonito, mas garantidamente que o é quem nele encontra beleza. Aquilo que vemos nos outros não passa de um espelho de nós mesmos.

A beleza vem de dentro. Eu sou bonita. Gosto de mim assim.
E, porra!, levei quase a vida inteira até poder dizer isto. Aaaaah!

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

38 COMENTÁRIOS

  1. Que grande texto. Vou lê-lo todos os dias para ver se entra qualquer coisinha.

    Muitos parabéns pelo blog.

    Zer0

    ResponderEliminar
  2. Olá Hazel
    gostei muito deste post. Mas para chegar a este nível, temos que fazer uma grande caminhada. Eu estou quase lá e não foi preciso esforço algum, simplesmente sente se.
    Beijinhos
    Sonia Corvo

    ResponderEliminar
  3. Nossa q saudade dessa Casa...

    É mágico qndo se vem um texto tão lindo feito esse qndo os pessamentos voam com a noite...

    Sem palavras o qnto fez bem ler tudo isso amei boa semana...

    Bjus passa lá no blog!!

    ResponderEliminar
  4. É isso mesmo! Como se dizia no antigo anúncio de sabonetes: "se eu não gostar de mim quem gostará?". ;-)

    ResponderEliminar
  5. Bem...muito lindo.
    Isso é que foi deitar na cama com auto-estima em alta e reflectir-se nestas lindas frases.
    bjs

    ResponderEliminar
  6. O que é que eu te posso enviar como comentário em poucas palavras?
    Nao sei.
    Mas sei o que faria se a Hazel aparecesse aqui:
    Um sorriso. Um abraco. Obrigada.

    ...Caminhando, com animo!

    Uma beijoca

    ResponderEliminar
  7. Cara Amiga

    No meu blog, está desde hoje aberto um concurso de Conto de Natal.
    Convido-te a participares, bem como a todos os teus contactos que pretendam unir-se a nós.

    Divulga e aparece.
    Um abração
    Licas

    ResponderEliminar
  8. Bem, eu acredito que tenha aprendido isso antes, não julgar os outros pelas aparecias, muito menos por o jeito de vestir.
    Existem pessoas que acham que a pessoa se veste mal, quando na verdade ela só esta sendo ela mesma, isso me deixa contrariado.
    Tipo que a maioria dos meus professores psicanalistas e psicologos, fogem aos padrões de "moda" sendo assim as meninas da minha sala acham que eles que são "antiquados" quando na verdade são livres, por que o seu vestir não esta ligado ao desejo do outro.

    ResponderEliminar
  9. Como eu costumo dizer:

    Tudo começa e acaba em nós!

    Quando aprendemos a gostar de nós e a respeitar-mo-nos o que nos rodeia é consequência disso mesmo!

    Beijos com muito amorrrrrrr

    ResponderEliminar
  10. Olá Hazel,
    é a primeira vez que comento aqui e desde já parabéns pelo blog.
    Quanto ao teu post só tenho a dizer que quem escreve assim é sábio e vou tentar seguir os teus conselhos para melhorar um bocadinho a minha auto-estima porque preciso muito.
    Beijinhos da Formiguinha.

    ResponderEliminar
  11. Bemmmmmmmmmm...Este chegou bem cá acima à minha nave!!! Foi profundo! Sem comentários! ;)
    O comentário vai hoje para o bloguinho do L. - simplesmente genial ;) Uma bela ideia!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  12. Xiçaaa, és mesmo bonita! :D

    só uma pessoa com muito Amor é que consegue transmitir tanta verdade no que escreve!

    Também me vêem ideias à cabeça e uma delas é que a Hazel não é uma mulher "bem resolvida" é uma mulher com Amor, pois tudo o que faz é com dedicação e,lá está,com Amor!

    O Amor é o alicerce de tudo: é o alicerce de nós-próprios! [venha daí muito Amor-próprio!]

    Beijos de agradecimento por este post tão cheio de Amor! :D

    Mª Inês

    ResponderEliminar
  13. Que lindo Hazelzinha!!!!
    Que inspiração!
    Como diz aquela frase da Louise Hay: "temos que ouvir mais o nosso coração pois não imaginamos o quanto somos sábios..."
    Grande verdade!
    bjsssss Cheio de amor!
    Sheila

    ResponderEliminar
  14. Olá!

    Hoje acordaste bem inspirada heim!

    É uma inspiração ler-te!
    Sabe, desde que comecei a frequentar a tua "casa", tem sido diferente, eu estou diferente. Não por que não tenha sido sempre assim, mas por que o mundo em que vivemos obrigava-me a esconder-me.

    Sou atraída pelo mundo invisível, acredito em seres mágicos e além de várias coisas (que alguns chamam crendices) mantive meu filho a acreditar na magia do Pai Natal até ao ano passado (com 10 anos e fui muito criticada por várias "pessoinhas"). Neste mundo tão materialista e superficial, já me disseram de tudo e eu então me recolhi dentro de mim mesma.

    Mas estou profundamente empenhada em ser eu mesma e sinto-me muito bem assim.

    Acho que o segredo é afastar de nós aquilo que não gostamos ou que nos magoa e isso inclui pessoas.

    Cansei Hazel de calar o que não é certo para mim, não tenho amigas é verdade, não tenho com quem tomar um cafezito e ter aquela conversa que eu gosto tanto, mas também já não sofro por falsas amizades ou por aqueles que não compreendem e nem respeitam o que sou.

    Fico-me pela net onde encontro pessoas que me fazem uma companhia enorme, com quem tomo um cafezito virtual super bom e tenho conversas muito agradáveis :)

    Tenho também minha família é claro, são fonte de muita alegria e muito amor, somos abençoados por Deus!

    Nunca tive problemas com o espelho, por que sempre me vi como sou, mas tenho aprendido que já não preciso me esconder, aos 35 anos estou a aprender umas coisas, hehehe... acho que ainda vou a tempo :)

    Obrigada Hazel, por tudo!

    Beijinho grande e muito grato. Deus te abençoe sempre, a ti e a tua linda família.

    ResponderEliminar
  15. Cara amiga,
    É a primeira vez que estou a comentar,apesar de me deliciar com o seu blog.Desta vez não consegui ficar indiferente.Aceite os meus parabéns pelo seu belo trabalho.
    Faço minhas as suas palavras.
    É BONITA - GOSTA DE SI -E POR DENTRO HÁ MUITA BELEZA.
    Agora fica a pergunta?
    Porquê levar quase a vida inteira para assumir TAMANHA VERDADE.
    Um beijinho

    aline Rocha

    ResponderEliminar
  16. o que importa é como passamos essa beleza interior pras outras pessoas não é?
    beijos

    ResponderEliminar
  17. Lindo texto Hazel, otimo para mim que estou embusca de um corpo que me deixe feliz, porem vou sempre ler, para que não suba para minha cabeça e eu perca o equilibrio,
    Postei as batatas fritas no meu blog, da uma passadinha lá p tu ver....

    ResponderEliminar
  18. ah...por isso coloquei o link, para seguirem o passo a passo do seu blog...e dena tu merece....

    ResponderEliminar
  19. Muito bom o texto, frô, independente de onde veio.. rs

    Xerinhos
    Paty

    ResponderEliminar
  20. Olá, lindinha!
    Isso é que é uma auto-estima elevada. Muito bem.
    E conseguiste passar bem o recado. com sua inspiração única.
    Temos todos que agradecer a oportunidade que temos de ver e ler coisas tão boas aqui nesta casa linda, de uma lindinha bruxinha...
    rs.rs.rs....
    bjinhos iluminados pra voce.
    Orávia.

    ResponderEliminar
  21. Sem amor próprio não estamos prontos para amar ninguém!
    Belo post
    bjus

    ResponderEliminar
  22. Lindo texto, parabéns com certeza há de ajudar muita gente.

    ResponderEliminar
  23. Demorei a descobrir isso também!
    E tenho trabalhado esta-estima todos os dias!
    Hoje me acho mais bonita que ontem e assim por diante!
    Hoje exatamente hoje, amo meu cabelo como ele é...meu rosto, minhas pernas tortas até minha educação; gosto de mim, mas não descobri isso de ontem para hoje, descobri isso conforme "cresci", conforme "cresci" por dentro!

    E continuo crescendo, toda vez que venho aqui e leio o que escreve com o coração cresço mais uma "tantão" *))

    Obrigada por existir!
    Cora*))

    ResponderEliminar
  24. Já tinha saudades de vir aqui e 2 presentes de uma só vez..este belo texto e a minha música preferida..nem acredito..The power of love...Bjcas muito doces para alguém muito especial..
    Alice

    ResponderEliminar
  25. Gostei de cada palavra,cada virgula, cada ponto...Rs!
    Concordo plenamente e, sei que leva-se anos, para algumas pessoas até vidas para perceber tudo isso!
    Beijos
    Edilene

    ResponderEliminar
  26. Bonito Hazel :) Eu também sinto isto... acho que se deve à aceitação que fazemos a nós mesmos, ao nosso jeito de ser e de estar, à maturidade que vamos conquistanto com o passar dos anos. E quando estamos bem tudo em volta fica melhor. É bom para todos.

    Um sorriso grande

    ResponderEliminar
  27. Pessoalmente continuo a caminhar nesse sentido mas infelizmente ainda tenho muito que percorrer porque fiquei presa algures no passado.

    LALITA

    ResponderEliminar
  28. Olá!
    Eu amo a casa claridade, e tudo isso que escreveu foi de um sentimento tão profundo, que conseguistes transmitir o que muitos tem medo de fazer...Amar -se!
    Com carinho
    Ser Estranho Ser!

    ResponderEliminar
  29. VOCÊ NÃO É BONITA;
    VOCÊ É LINDÍSSIMA!!!!!!
    VOCÊ É LUZ!!!!!
    Rosângela (Natal/Brasil)

    ResponderEliminar
  30. oi querida Hazel saudades de comentar nessa "casa" maravilhosa!!!!
    Venho sempre aqui buscar clarear meus pensamentos e tentar me conhecer melhor e esse post me fez entender e aceitar muitas coisas, contigo eu aprendi a viver melhor, a ser melhor, a gostar de mim e aceitar a todos como são e sou muito grata a ti por tudo, a sua serenidade, seus conhecimentos e a maneira como você divide tudo isso conosco é muito grandioso, e para muitos o que basta é simplismente compreender o que se passa dentro de nós mesmos e encontro e entendo isso aqui na "nossa" casa.

    Muito obrigada por dividir tudo isso conosco, apesar de achar que ainda falta muito para eu chegar "nesse ponto" a caminhada é longa e sinto que ainda estou no início.

    Beijokas e obrigada por dividir conosco todas essas maravilhas!!!

    ResponderEliminar
  31. kkkk...amo seus textos, e a última frase desse texto foi o máximo!!!
    Muita Luz!!!
    Roberta Maia.

    ResponderEliminar
  32. muito bom esse post, Hazel. Você diz coisas que eu já sabia, mas é bom que me lembre delas, sempre.Beijos, querida Hazel

    ResponderEliminar
  33. Tu já sabes que eu adoro a tua escrita, mas tens alguns mais marcantes, o post nº 1 foi aquele que fizeste para um rapaz e que ficou lindo, e este para mim também entra no Top 10, porque está magnífico.
    A tua sabedoria espiritual e sensibilidade estão cada vez mais aperfeiçoada, sinto isso nas tuas palavras, e bebe-se isso na tua escrita. Acho que cada um de nós tem uma missão nesta vida e tua está a ser cumprida de certeza. É tão bom saber que existem pessoas como tu, que irradiam luz, energia e pureza, é o que eu sinto nas tuas palavras, nos bocadinhos da tua vida que tu aqui descreves, no teu amor pela família, no teu cuidar da natureza.
    És sem dúvida alguma uma pessoa espiritualmente muito dotada, que tem uma beleza interior linda e sem par, e semelhante exterior. Tens mesmo de dizer que és linda!!! E és por fora e por dentro!!!
    Daí teres tanta gente querida que gosta d eti e que te deixa estas mensagens lindas, porque tu mereces.
    Obrigada por nos ensinares a sermos melhores pessoas, a estarmos melhor neste mundo,a termos forças quando estamos em baixo, por tudo que nos tens ensinado, por fazer-nos rir, e a vermos a vida com outros olhos.

    Um grande bem haja para ti.

    ÉS LINDAAAA!!!!!

    Beijinhos

    Daniela

    P.s.: Qualquer dia fazes uma recolha dos teus escritos e fazes um livro. He he

    ResponderEliminar
  34. Ainda tenho que "comer muito feijão com arroz" para poder dizer isso tudo!

    Lindo texto!
    Beijo

    ResponderEliminar
  35. Perfeito, Hazel.Adorei!!

    Bjs de amor...rsrs

    E uma semana de paz.

    ResponderEliminar
  36. ...atraímos o que transmitimos!

    Amor próprio é o primeiro passo para que permitamos ser amados!!!

    ResponderEliminar
  37. Amiga Hazel, tenho vontade de aprender outras línguas e como futura professora tenho este dever.

    Quando leio os posts fico curiosa quanto as frases que deixa em inglês. Muitas vezes acabo por recorrer ao tradutor online.
    Seria possível traduzi-lás ao final do post??

    Beijos, Cora.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥