Dia 40

quarta-feira, fevereiro 09, 2011

A lição do mar.

A Água sempre foi minha conselheira e confidente. Sábia, profunda e intensa.
Aquela que recebe e dissolve as minhas lágrimas.
O vai-e-vem das suas ondas que se desfazem em espuma entontece-me e, no entanto, guia-me.
Mostra-me que os caminhos nunca são rectos.

Faz como as gaivotas, disse-me ela, enquanto pousava uma gaivota solitária ao meu lado.

As gaivotas são astuciosas. Deixam-se levar pelo vento, quando está de boa feição. Planam no ar...

Mas quando vem a tempestade, elas procuram um local seguro. Para não se deixarem esmagar contra os rochedos.
Grata. Estou esclarecida.

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

33 COMENTÁRIOS

  1. Ai o mar, o melhor calmante, conforta e acarinha.
    Também ele me segue, até em sonhos.

    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  2. Só de ouvir o barulho das ondas me acalma.
    Voltei a postar, espero sua visitinha!
    Abraços,
    Ana

    ResponderEliminar
  3. Adoro o mar e sinto tanta falta dele, do cheiro, barulho, cor... E só dei pela falta que me faz qd vim morar para longe dele.

    Quem me dera poder agora os pés na areia e senti-lo... huummm... Qq dia... em breve...

    ResponderEliminar
  4. Também sou fã do mar. Pena não estar mais perto dele, é tão bom adormecer e acordar a escutar o mar. Faz-me bem.
    Um abraço, tem um bom dia.

    ResponderEliminar
  5. Ai Hazel como eu amo o mar e sentir assim a água nos pés... a sensação que tenho é que a energia do mar vai subindo pelo meu corpo.

    Quando quero carregar baterias... não encontro melhor que ver o mar.

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Ah pois! Como se costuma dizer .."Gaivotas em Terra, Tempestade no Mar."
    Olá, Hazel.
    Olha...lá está!! Seria mesmo uma boa sugestão postares sobre,((Senso Comum)).
    Um sorriso para Ti.:)
    V*

    ResponderEliminar
  7. Ai ai... o Mar.
    Símbolo de nossa Grande Mãe, Útero de toda Criação...

    Quanto aconchego, quanto acalento.

    Sorte a tua por poder banhar teus pés nas Águas Sagradas quando assim desejas, amiga. Cá, tenho que viajar no mínimo duas horas para encontrar praias lotadas e mal cuidadas. Isso me deixa um pouco triste, mas quando lá chego, esqueço de tudo e me entrego no vai e vem das ondas...

    Um grande beijo, de brisa marinha.

    ResponderEliminar
  8. Adoro o Mar...tudo nele me seduz, atrai...respeito e é aonde me REFAÇO!!!
    Suas águas lavam a minha alma...

    Dia Renovado!!
    Muita LUZ!!

    ResponderEliminar
  9. Nota*(Eu sempre consegui saber onde é que ESSA tua Conselheira e Confidente se encontrava,mesmo que por mais econdida estivesse!:p)
    Terão mesmo os Vedores poderes mágicos, Hazel?
    He he...

    ResponderEliminar
  10. Agua é fantástica!
    Pena que o homem vem a maltratar essa conselheira dos bruxos...

    ResponderEliminar
  11. Vedor:

    É para isso mesmo que servem os vedores: para descobrir a água, Hugo. :)

    ResponderEliminar
  12. :(
    Oh, Hazel, eu já numa ocasião tinha supra-referido que não era o Hugo.
    Só espero que não seja assim tão grave.. :s
    Mas, sim, sou Vedor!
    E tambem gostava de saber a tua opinião sobre esse fenómeno. :)
    Consideras mágico?

    ResponderEliminar
  13. Vedor:

    Não conheço ninguém chamado Hugo, pelo que é indiferente.
    Nunca vi um vedor trabalhar, mas o princípio é o mesmo dos pêndulos: a radiestesia.
    Se procurares livros sobre o tema, vais encontrar muita informação interessante.
    Raramente uso o meu pêndulo (isto responde à pergunta "se considero mágico"), por considerá-lo pouco fiável. Prefiro recorrer a outros métodos de adivinhação/procura.
    De qualquer das formas, o assunto da radiestesia é algo que ainda não aprofundei, pelo que a minha opinião pouco ou nada vale.

    ResponderEliminar
  14. Muito bem! O mar! Ai... o mar... pena morar tão longe dele. Mas amanhã estarei me banhando nele, ebaaaa!!!! Para isso tenho que enfrentar 5 horas de viagem. agh!
    Mas vai valer cada km rodado.
    Bjs
    Adriene

    ResponderEliminar
  15. Um beijinho de energias positivas...

    margui

    ResponderEliminar
  16. As saudades que eu tenho do mar!!:)

    E moro relativamente perto, mas falta-me o tempo...

    Beijinhos da Formiguinha

    ResponderEliminar
  17. Adoro observar o mar por esse motivo.Ele acalma-me ! Quando era adolescente,costumava mergulhar nele e ouvir o silêncio debaixo de agua*.Parecia-me que eu estava noutro mundo longe de tudo e de todos.Também gostava de boiar com os olhos fechados.

    LALITA

    ResponderEliminar
  18. Não só conselheira a água para mim é uma espécie de protetora, ela me cuida, me conforta, me revigora.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Belíssima poesia... ao som 188...
    PS: quem era?!

    ResponderEliminar
  20. Nasci à beira mar e sei do que falas. O oferecer-se e recolher-se das águas a cada onda que na praia quebra - sempre acompanhado de sua sonora manifestação - embalando nossos pensamentos e convidando-nos a sonhar sonhos despertos...
    Hoje, longe das areia molhadas e das cantigas das conchas,a saudade destes momentos tão únicos e silenciosamente compartilhados com a Naturaza se fazem muito presentes e necessários.Assim, sempre posso abandono tudo e vou em sua direção, e ao chegar largo as sandálias e me lanço num abraço molhado através dos pés, pernas...corpo todo...e conto o que vivi neste longo tempo desde o nosso último encontro.
    Hazel,só assim páro um pouquinho e retomo o prazer de escrever. Obrigada !
    Bjs espumantes !

    ResponderEliminar
  21. Assim seja flor!
    Beijinhos.

    Flores e Luz.

    Amoooo o Mar...♥

    ResponderEliminar
  22. Também amo o mar, as vezes nem desço do carro, passo em frente a praia na avenida beira mar, olho pra ele, ele olha pra mim, sinto seu cheiro bom trazido pelo vento e me sinto bem, muito bem.

    beijos de maresia

    Laura

    ResponderEliminar
  23. O som, tudo a ver com a postagem...perfeito!
    Preciso reencontrar o mar, buscar forças que estão acabando.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Oi. Eu também sinto-me muito bem estar perto do mar, molhar os pés, sentir o cheiro do mar , ouvir o barulho do mar.Reconforta-me.
    Espero que estejam todos bem por ai, nés por cá vamos andando ...
    beijos mágicos

    ResponderEliminar
  25. Não consigo comentar no teu Blogue, faço tudo o que fazia antes e quando envio o comentário manda criar um blogue. É que antes aparecia um sítio para colocar o email e a senha, mas agora já não aparece isso. Só aparece escolha de conta de email (sem o email e a senha), e depois clica-se e vai para uma nova página em que manda criar um blogue.

    Estou a tentar comentar anonimamente, para ver se dá.


    Beijinhos

    Daniela

    ResponderEliminar
  26. Olha, agora tenho de ser anónima para comentar. Buáááááá´


    Daniela



    Também adoro o mar.
    E que pézinhos tão delicados tu tens, fadinha.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. TODAS AS PESSOAS que cruzam nossos destinos trazem uma mensagem para nós...muitas vezes temos que ajudálas a nos transmitir/entregar o que trazem...
    CRESCER, quase sempre, dói...
    SEJA, CADA DIA, MAIS FELIZ!!!!!!

    ResponderEliminar
  28. RECTIFICANDO:
    TODAS AS PESSOAS que cruzam nosso CAMINHO...

    ResponderEliminar
  29. Rosangela:

    É esta: "Round Midnight - Jazz Piano Solo".
    Beijos

    ResponderEliminar
  30. Daniela:

    :)
    Obrigada hihihi

    Deve ter sido um problema temporário da Blogspot.
    Acho que já está normalizado.
    Caso contrário, diz-me alguma coisa, por favor.
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  31. Tenho muuuito medo dele. Logo me vem a mente, águas escuras, profundas, alto-mar gelado... Talvez marcas de outras vidas que ficaram impressas. Bjs

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥