Dia 151

31.5.11

"Vais mostrar a sanita no blog?!"
Credo. Pois claro que vou.
Tem a tampa cor-de-rosa, tão catita que é. 
E a engenhoca para pendurar o rolo de papel higiénico, que é o meu maior orgulho.
Ia lá agora deixar de mostrar.


Dia 150

30.5.11

Brinquedo do L..


Dia 149

29.5.11

Bifrost.


Dia 148

28.5.11

Não faço ideia se vou chocar os leitores que acompanham a Casa Claridade de outros países, mas aqui vai: aqui em Portugal existe um petisco muito apreciado nas tardes de Verão. 
Caracóis. Geralmente, acompanhados de cerveja. 
Somos um povo estranho. Hã hã.


Dia 147

27.5.11

Super-Om!


Dia 146

26.5.11

Ando a portar-me muito mal.
Esgueiro-me pelas janelas ou pela porta da rua e subo aos telhados.
Fico ali horas deitado numa pose trocista enquanto chamam por mim.
Até houve quem pusesse um carapau na janela na esperança de me atrair, mas eu sou um gato phino, e só aprecio paté.
Bem, depois de ter passado uma noite fora de casa, lá acabei por voltar na manhã seguinte, que não quero ninguém a chorar por mim. Pronto.


Dia 145

25.5.11

Um destes dias, encontrei esta aranha de pernas longas e esguias a construir a sua teia debaixo do móvel dos livros, lá bem no cantinho da sala. 
Ia agarrar a vassoura para tratar do assunto, mas a coitada estava tão empenhada, que não tive coragem. Então, fizemos um acordo, a Josefina e eu (sim, é esse o seu nome).
Deixo-a viver na minha sala e, em troca, ela prende na sua teia de xamã todos os negativismos, mosquitos e pesadelos. Negócio fechado. 


Dia 144

24.5.11

Aramis e a Dona Violeta.


Dia 143

23.5.11

Pastéis de feijão. Miamm miamm.
Receita: dirija-se ao supermercado mais próximo. Pegue, pague, leve e coma!


Dia 142

22.5.11

Chaves. Abrem portas, portais, caixas, baús e mentalidades.


Dia 141

21.5.11

Segredos e mistérios...


Dia 140

20.5.11

As Brumas de Aval... Sintra. ;)


Curtas e grossas

Boa noite, bom dia ou boa tarde, conforme a hora que estiver a ler.

1. Tenho a informar que após 2 anos de intensa tortura psicológica por parte de certas-e-determinadas-pessoas-que-não-vou-dizer-os-nomes-se-ninguém-perguntar, e depois
deste post escrito com tanta dedicação, lá me rendi. Prontooooo. Ganharam.

Saí da minha caverna pré-histórica e (credo, nunca pensei vir a escrever isto) registei-me no Facebook.




2. Para quem não assistiu, está disponível o primeiro episódio do programa
Pergunte à Hazel. Sim, pode ser visto em qualquer parte do mundo. :)

Dia 139

19.5.11

Gosto muito de rôlas. São graciosas, sensíveis e inteligentes.
Esta veio cumprimentar-me.


Dia 138

18.5.11

Para não escaldar as ideias.


Dia 137

17.5.11

Tsurus em origami.
Servem para dar sorte.


Dia 136

16.5.11

Terço tibetano com contas de madeira perfumada.


Dia 135

15.5.11

Obrigada, queridas Andrea Albernaz e Vy pelas lindas bruxinhas que vieram alegrar os meus dias e fizeram as minhas delícias!
A Andrea e a Vy são duas amigas artesãs que moram no Brasil e também no meu coração. :)

Muito, muito grata!


Dia 134

14.5.11

Dia de filmagens. Nervos. Licor de mel. Papéis soltos.


Dia 133

13.5.11



Dia 132

12.5.11

Hora de almoço.


Dia 131

11.5.11

O que eu gosto de estrelas de 5 pontas. :)


Dia 130

10.5.11

Morangos com mel e canela.


Dia 129

9.5.11

Dom Aramis num momento de introspecção.


Dia 128

8.5.11

Cravos.


Dia 127

7.5.11

Uma trança.


Dia 126

6.5.11

Cor-de-rosa. Funciona como uma carícia no nosso chakra cardíaco.


Dia 124

4.5.11


Estou aqui a torcer para que ninguém repare que tenho este livro na barra lateral há mais de 1 mês. Não digam a ninguém. Falta de tempo. Para ler. Para visitar os blogs amigos. Para visitar o meu próprio blog. Para responder aos vossos emails.
E - canudo - até para celebrar o meu aniversário.

Bem, mas diz que é amanhã o grande dia.
Agradeço muito às companheiras que não se esqueceram do Sagrado Feminino e propuseram repetir a brincadeira este ano, mas é-me impossível fazê-lo, por falta de tempo.

No entanto....... tenho algumas surpresas reservadas para vós.
Que é lá isso de fazer anos e não celebrar? Hã? Hã?

Aguardai.... :)

Dia 123

3.5.11

Mulheres deste mundo e do outro, contem-me lá como é que se faz para que os collants durem mais de um dia. Chiça, que é demais. Cada collant, cada auto-estrada de malhas.


Dia 122

2.5.11

Casa-de-banho vintage. Gosto, gosto!


Dia 121

1.5.11

Viva o mês de Maio!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...