O Banho da Bruxa

quarta-feira, novembro 07, 2012


Uma banheira cheia de água com um saco de ervas é como um grande bule de chá onde se toma banho. Desde tempos imemoriais que se recorre ao poder das plantas colhidas nas fases lunares mais favoráveis e nos dias e horas planetárias mais auspiciosos para fazer infusões com fins mágicos.

Contudo, os banhos de ervas, não obstante toda a sua beleza e romantismo, nem sempre se revelam práticos nos tempos que correm. As ervas entopem as canalizações e ficam coladas por toda a banheira quando a água escoa. Foi a pensar nisso que concebi uma forma prática e sem inconvenientes de poder tomar um banho mágico: colocando todos os ingredientes em sacos de tule.

Os sacos podem ser colocados sem abrir dentro de uma banheira com água, como se tratasse de um grande bule de chá, e no fim basta retirar o saco. Todos os seus aromas serão activados com a água quente e as suas propriedades mágicas viajarão através da água... e de si.

A ideia de que os banhos de sal grosso só devem ser tomados do pescoço para baixo é um mito. Se fizesse "mal", ninguém poderia mergulhar na praia para não molhar a cabeça com a água do mar - salgada!

Sob os vapores dos banhos,

Hazel

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

2 COMENTÁRIOS

Obrigada pelo seu comentário ♥