Não comprar flores, não comprar pássaros

domingo, dezembro 08, 2013

Oferecer flores "de corte" é o equivalente a oferecer pássaros em gaiolas.
Uma demonstração de afecto cujo principal ingrediente é o egoísmo, ainda que inconsciente. No meu mundo ideal, ninguém sacrificaria flores para oferecer.
Em vez disso, oferecer-se-ia plantas em vaso.

Plantas que vivem, e não plantas a morrer que se colocam numa jarra de água sobre uma mesa, entre os bibelots inúteis para os quais já ninguém olha. Ninguém se lembra dos sentimentos das flores, tão delicadas e mágicas, que até conseguem fazer música.

Ainda no meu mundo ideal, ninguém compraria pássaros presos em gaiolas, mas comedouros e bebedouros de aves para colocar nas varandas e janelas. "Grato pelo presente, tantos pássaros que virão cantar na minha janela!"

Não vão por mim - no meu mundo ideal, quem cuspisse para o chão, levava um calduço no pescoço e era obrigado a limpar. A antipatia seria considerada um crime público.
Mas só de tarde. De manhã cedo, todos teriam o direito a ser antipáticos.
E os relógios seriam abolidos.

Ainda bem que não mando no mundo. Sorte a vossa.



PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER

7 COMENTÁRIOS

  1. Querida Hazel, foi um alerta, para mim. Nunca tinha relacionado flores de corte e pássaros em gaiolas.
    Por acaso gosto da casa enfeitada com flores naturais mas, sem me aperceber, comecei a ter mais vasos no interior. As rosas, aqui na Noruega, são tão maravilhosas que é quase impossível resistir-lhes quando passo frente ás floristas.
    Quanto aos pássaros...Pode dizer-te que procurei, por todo o lado, areia de passarinho (algo fácil de encontrar em Portugal, em qualquer loja de animais ou hipermercados) para realizar alguns trabalhos de artesanato, mas não encontrei. O mais fantástico? Ninguém sabia sequer o que era areia de passarinho :)
    Aqui as pessoas têm casinhas de madeira ou metal, que penduram nos seus quintais, nas suas varandas e compram, PROPOSITADAMENTE, saquinhos de sementes, á venda em todo o lado, para alimentar os pássaros que voam em liberdade. Nunca, nunca vi uma gaiola com um pássaro dentro. As gaiolas são usadas para decoração, com velas dentro. Muito shabby chic :)
    Beijo! <3

    ResponderEliminar
  2. :) desculpa esta intromissão... primeiro fiquei na dúvida, depois tive a certeza e depois veio a vergonha e não tive coragem de meter conversa... é como ver uma figura pública, ficar a segredar baixinho mas não avançar para meter conversa por vergonha e medo de estar a invandir o seu espaço... curti muito ver a pessoa por detrás deste blog que á tanto tempo acompanho, observar, "tirar as medidas" e ficar feliz por sentir a boa energia! ontem vi-te a escrever este artigo e tem um gostinho especial... não publiques este comentário... era para te enviar por mensagem privada mas não encontrei o email para o fazer... abraço e continuação deste excelente trabalho de partilha!

    ResponderEliminar
  3. Bom post!Como eu concordo com absolutamente tudo.

    ResponderEliminar
  4. Passei por aqui para ouvir a música das flores, e eis que encontrei logo o link! Obrigada Hazel. E concordo plenamente com o que dizes, também acho um crime engaiolar pássaros e ver flores sem raízes.

    ResponderEliminar
  5. Um tempo bemmmm longínquo atrás, briguei seriamente com meu primeiro namorado sério... Para me reconquistar ele passou 1 mês me mandando a cada tantos dias um buquê de flores cortadas e um vaso de flores. Juntos, no mesmo dia. Quando eu finalmente concordei em conversar com ele, perguntei o porquê dos dois mandados juntos, ele me respondeu: "o buquê é pelo nosso amor que morreu... flores mortas para um amor já morto. O vaso é pela minha esperança pelo novo amor que está nascendo... Flores vivas para comemorar um amor cada vez mais vivo em mim.". Nem precisou falar mais nada, me rendi na hora... hehe

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro flores...mas conseguiste fazer-me pensar!

    Pássaros em gaiolas não. Livres, a voar nos céus, isso sim!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário ♥