Como nasce uma pérola


“The pearl owes nothing to man. It is absolutely a gift of nature on which man cannot improve.” – George Frederick Kunz

O interior das ostras, muitas vezes associado ao órgão sexual feminino, é delicado, macio e considerado altamente afrodisíaco. Considerado um manjar dos Deuses, umas vezes, de sabor salgado, outras mais adocicado...

A concha é revestida internamente com nácar (madrepérola) e os músculos adutores que a mantêm fortemente fechada por vezes relaxam para que se abra e se movimente suavemente quando precisa de se alimentar com os nutrientes presentes na água.

Por vezes, acidentalmente, entra um corpo estranho, como um grão de areia...
Quando isso acontece, a ostra reage para proteger de ferimentos a delicadeza dos seus tecidos moles, e deixa de cuidar da sua protecção externa para cuidar da protecção interna, produzindo nácar que vai revestindo e formando várias camadas que envolvem o grão de areia dentro de si. Após poucos anos, o invasor transforma-se... numa pérola.

É muito raro uma pérola natural ser absolutamente lisa e esférica. Se a ostra tiver um formato irregular, também a pérola terá. Assim como a cor pode variar, de acordo com a cor da ostra, o habitat onde se desenvolveu e outros factores.

Diz-se "pérolas são lágrimas." A pérola é o sofrimento que foi transmutado em beleza, em unicidade e perfeição, pelo amor à Vida. Se forem lágrimas, serão de alegria.

Por estarem ocultas no interior das ostras que, por sua vez, estão no silêncio das profundezas do mar, as pérolas são um símbolo de sabedoria e do conhecimento oculto. Representam a Lua, as águas e, claro, o princípio feminino.

A deusa Afrodite, segundo a mitologia grega, nasceu de dentro de uma concha de madrepérola, gerada pelas espumas do mar.

As pérolas ensinam-nos que... interpretem vocês.

Na foto: dicionário de latim (pérola em latim: margarita). A carta "O Mundo" do meu baralho de Tarot, com representação de Afrodite. Colar de pérolas, presente de amor.

No silêncio de uma ostra,


Hazel

Oração a Iemanjá


Iemanjá é uma divindade conhecida como a rainha de todas as águas do mundo, seja dos rios ou do mar. A mãe das águas. A Senhora do Mar.

As suas lágrimas transformam-se num rio que corre em direcção ao mar. Por esse motivo, um dos locais mais mágicos para o seu culto é, justamente, onde as águas dos rios se encontram com as águas do mar, formando espuma.

Iemanjá é a mãe de toda a Humanidade, protectora, que dá alento, orientação e conforto nos momentos difíceis e traz abundância.

Atende os pedidos que sejam feitos do coração.
Agradam-lhe as oferendas de flores e de música.
Para comunicar com esta entidade, faça-o de coração aberto, como uma criança que fala com a sua mãe. Peça e aguarde.

Oração a Iemanjá

"Odoiá, odoiá, Iemanjá,
Rainha das Ondas, sereia do mar.
Como é belo o teu canto, Senhora!
Quem o escuta, chora, mãe das águas,
Do oceano, soberana.
Dá-me sucesso, evolução e vitória.
Abre os meus caminhos, cuida de mim.
Que as águas sagradas do oceano lavem a minha alma.
Abençoa, mãe, a minha família e os meus amigos.
Permite que o amor seja a nossa maior fonte de energia.
Sou as tuas águas, as tuas ondas, e tu, Senhora, cuidas dos meus caminhos.
Iemanjá, no teu poder confio."

Sobre as ondas do mar,

Hazel

7 soluções para dormir bem (parte 1)

Sente que não está a descansar o suficiente à noite?
De manhã, acorda já cansado? E rabugento, que já ninguém o atura?
Tem pesadelos recorrentes?

Se respondeu "sim" a, pelo menos, uma destas perguntas, então talvez isto lhe interesse. Passamos um terço das nossas vidas a dormir, logo, o local onde descansamos e nos regeneramos é de extrema importância. Risque os seguintes itens da lista de medidas:

1. Mantenha o quarto limpo e arrumado. Não tenha qualquer dúvida que dormir num quarto desarrumado e cheio de tralha interfere com o seu descanso. Não se esqueça de fechar as portas do roupeiro durante a noite.

2. Evite aparelhos eléctricos no quarto. Os aparelhos eléctricos geram um campo electromagnético que "polui" energeticamente o ambiente e prejudica a sua saúde e o descanso. Nada de telemóveis, computadores ou televisões! No meu quarto, apenas tenho candeeiros e um despertador que está o mais afastado que consegui da cama.

3. Sapatos não entram no quarto. Os sapatos transportam sujidade física e energética vinda da rua e de todos os sítios onde anda.

4. Tire os "monstros" de baixo da cama. É mesmo verdade que existem monstros debaixo da cama: são as suas tralhas! Não deve existir nada a não ser ar debaixo do sítio onde dorme.

5. Sacuda os cobertores e coloque as almofadas a apanhar Sol. Sempre que puder.

6. Coloque o colchão à janela. Não basta aspirar o colchão e virá-lo com regularidade. O colchão precisa de respirar, de apanhar Sol, para renovar a energia.

7. Areje o quarto todos os dias. Assim que acordar, abra a janela e deixe que o Sol entre e o ar se renove. Dormir num local com pouca qualidade de ar fará com que o afluxo de oxigénio ao cérebro seja pobre e se sinta sempre cansado.

Depois disto tudo, só me resta desejar-lhe bons sonhos!

[Parte 2 para breve!]

Sob os auspícios de Morfeu,
Hazel

Terapia Multidimensional

A Terapia Multidimensional é uma terapia de cura a nível energético realizada em estado meditativo, e acedendo a níveis de consciência profundos. São tratados, em várias dimensões, bloqueios que interferem e condicionam o bem-estar espiritual, emocional, mental e físico.

A Terapia Multidimensional serve para:

- Limpeza e dissolução de bloqueios nos planos energético, emocional e mental, remoção de energias obsessoras, que parasitam o campo energético, de magias negativadas e outras;

- Cura de traumas associados a acontecimentos ocorridos nesta vida e em vidas anteriores;

- Quebra de padrões de comportamento prejudiciais originários de vidas passadas;

- Rescisão de contratos kármicos, votos e acordos que bloqueiam o percurso de vida;

- Cirurgias psíquicas e espirituais, activação do ADN cósmico, recuperação de fragmentos soltos da nossa essência;

- Relaxamento, alívio do stress, serenidade, paz interior, regeneração energética;

- Sintonização com a energia divina.

Não existe toque físico, salvo por indicação da equipa de cura, composta por Seres de Luz, que assistem e orientam toda a terapia. Apesar disso, durante a sessão, é comum ter sensações físicas, como sono intenso, oscilações de temperatura, formigueiros ou outras.

A terapia multidimensional pode ser realizada presencialmente ou à distância.
Cada sessão tem a duração aproximada de 1 hora.

Local: Carcavelos, Oeiras e à distância
Valor: 60€

Marque a sua sessão de terapia multidimensional ou esclareça as suas dúvidas comigo por email: casaclaridade@gmail.com

Abraço de Luz,

Hazel

Receita caseira para cabelos enfraquecidos

Cabelos, cabelos, cabelos.
Dão-nos a volta à cabeça!

Há uma infinidade de produtos caros com embalagens atractivas nas lojas e supermercados. Prometem este mundo e o outro, mas não sei se cumprem.

Acho que o cabelo é como um animal selvagem... mas no bom sentido. Temos de o respeitar como é, para que seja saudável, bonito e feliz.

O problema é que a maior parte das mulheres nunca estão contentes consigo mesmas.
Se têm cabelo encaracolado, fazem "chapinha". Se têm cabelo liso, fazem caracóis. Puxam, esticam, descoloram, e o pobre cabelo nunca pode exprimir a sua personalidade.

Para quem tem queda de cabelo e/ou cabelo enfraquecido, recomendo o alecrim, que é muito barato e eficaz, e pode ser comprado no supermercado ou colhido na Natureza.

Ferva em água um ramo generoso de alecrim, deixe a decocção arrefecer e, depois de lavar o cabelo, aplique-a uniformemente por toda a cabeça e cabelos. Massage o couro cabeludo, deixe actuar por vinte minutos e depois retire em água corrente, ou deixe mesmo ficar sem enxaguar.

Força na cabeleira!
Hazel