Avançar para o conteúdo principal

É inadmissível

Estou passada! Com tanta gente neste mundo de sonâmbulos, só eu é que vejo estas coisas. Conto-vos o que aconteceu:

Fui buscar o L. à escola e, no regresso a casa, vi este pombo caído no chão. Obviamente, não conseguia voar.
Fiz marcha-atrás, estacionei, saí do carro, e fui buscá-lo. Sem dramas nem espanto, pois já não é a primeira vez.

Volto para o carro, coloco o cinto de segurança, meto a primeira, e ando uns 10 metros, quando me deparo com uns 15 ou 18 pombos todos igualmente caídos no chão.

Infelizmente, tive de tomar a decisão no local. Não posso meter mais de 15 pombos dentro de um apartamento. Com um gato. Tenho boa vontade, mas também tenho bom-senso.
De coração partido por não ter recursos para ajudar todos, deixei-os ficar.
O que tinha no colo enquanto conduzia veio comigo. Ia fazer o quê?

Não está ferido, e a única explicação lógica que encontro para isto é que alguma pessoa, daquelas que acham que os pombos são uma praga, os tenha envenenado.

Por favor, que não me apareça ninguém a dizer que os pombos são uma porcaria, que sujam tudo, que devem ser dizimados, e sei lá o quê mais, pois nem sequer publico semelhantes comentários.
(o Homem também suja e destrói a Natureza, como temos visto, e não é por isso que recebe pena de morte)

Se alguém que resida no Concelho de Cascais estiver disposto a recolher e ajudar os pombos que ficaram caídos na rua, não hesite em escrever-me.

De qualquer das formas, não sei se irão sobreviver, não sei o que têm, e este que estava no meu colo já não tive coragem de voltar a colocar na rua, por isso, aqui está rodeado dos meus cristais, à espera. Torçam por ele.

[ESQUEÇAM. O POMBINHO MORREU. ESTOU DESOLADA. E ENVERGONHADA POR PERTENCER À RAÇA HUMANA, PRETENSAMENTE CIVILIZADA.]
Cronista, Viajante no Tempo, Terapeuta, Taróloga, Tradutora, Professora.

Comentários

  1. Excelente! é assim! Esse pombo vai ter uma recuperação notável. Tenho a certeza disso.

    ResponderEliminar
  2. Olha, se cada um que passasse na rua levasse um pombo para cuidar, como você fez, seria o suficiente, não?
    Com certeza você fez a sua parte.
    Beijos na alma e feliz dia do amigo!

    ResponderEliminar
  3. Pos, envenenados sem dúvida e o pior é que muitas das vezes essas medidas saem das cabeças dos "superiores".
    Tenho muita pena pelos outros que lá ficaram e que morreram no meio da rua de certeza que completamente assustados por não conseguirem fugir, é desolador.
    Mas tomas-te a melhor opção, se todos tivessem feito o mesmo os outros não estariam lá, ou melhor, se todos fizessem o mesmo, os pombos andavam de saúde pelas árvores...

    ResponderEliminar
  4. HAZEL: o ser humano é a "besta" mais sádica e radical que existe...
    BEIJO de
    Mª ELISA

    ResponderEliminar
  5. há coisas que não compreendo....mas tiveste uma atitude superior

    ResponderEliminar
  6. Só posso lamentar profundamente este tipo de situações. Lamento sinceramente por aqueles que não sabem o que fazem.
    Ainda bem que existem seres como voçê, agradeço.

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Hazel,

    Lamento que ele tenha morrido. Não resistiu ao envenenamento.

    Gente desgraçada, essa!

    ResponderEliminar
  8. Sinto muito , que o pombinho não tenha resistido ,infelizmente os humanos cada vez mais estão a tornar-se desumanos.Espero não ofender ninguém com esta frase, mas quanto mais conheço as pessoas ,mais gosto dos animais.

    ResponderEliminar
  9. Aaaaaaaa :(

    Eu sei bem o que é isto. Aqui no meu Estado, na cidade de Londrina (linda por sinal!) há locais que eles estão aos montes e querem caçar, soltar foguetes para afungentar...e o bando de "GENTE" AÍ COMENDO, CAG..., POLUINDO MUITO MAIS QUE ESTES SERES INDEFESOS!
    Por esta e tantas outras cenas desoláveis minha irmã de luz é que as vezes gosto de ser um "tanto anti-humana"!

    Vão envenar seus filhos ou os alheios quando estiverem sujando demais!?

    Beijo reconfortante a ti, irmã.

    \o/

    ResponderEliminar
  10. :((( Que tristeza
    Como é possivel que consigam fazer tal coisa !!!
    Acho que esse pombinho teve sorte e vai ficar bom !!!
    Bem hajas

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Oi Hazel,isso é uma tristeza uma falta de amor no coraçao.
    imagino a dor,o sofrimento que esses pombos passarão.
    será que esse ser desumano consegue dormir a noite sabendo que matou esses pombos.
    Beijo Lu

    ResponderEliminar
  12. Há gente maldosa, sem dúvida! Quem fez isso há-de ter a volta do acto da sua maldade...
    Não fiques tão triste... pois também existem muitas pessoas que amam e respeitam todos os seres, sejam plantas, animais...
    Têm (temos) é de continuar a dar exemplos generosos e genuínos de todo o nosso amor e respeito para com todos os seres do Universo... pode ser que um dia esses "exemplos" toquem no coração de quem foi capaz de praticar um acto tamanha malvadez.

    Abraço muito forte para aquecer esse coraçãozinho que hoje ficou despedaçado.
    Fica bem!

    ResponderEliminar
  13. Ohhhhh Hazel, que triste que fico... :(
    Hoje aconteceu-me algo muito parecido, por isso entendo muito bem o sentimento.
    Passa lá no meu blog.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. To passada tb!
    Coisa triste...
    Antes de tudo é uma criatura de Deus,isso não se faz..
    Carma ruim vai ter quem fez isso.
    Tadinho...
    bjo.

    Cristiane Z.

    ResponderEliminar
  15. quanta maldade nesse mundo,por isso que a cada dia acontecem tantas tragedias,e a natureza se revoltandoQue Deus tenha pena desse infeliz que envenenou os inocentes pombos.

    ResponderEliminar
  16. Você fez a sua parte e ensina a quem quiser aprender que, respeito a qualquer ser vivo é fundamental.Parabéns!

    ResponderEliminar
  17. Olá! Felizmente ainda há pessoas que ajudam os animais, não foi a tempo, mas conta a intenção! Odeio quando dizem que os pombos são ratos com asas. As câmaras é que permitem que isto aconteça... ruas sujas, águas paradas, depois os pombinhos comem essa porcaria toda e ficam doentes... em Moscavide é assim. E quem diz pombos, diz cães e gatos...

    ResponderEliminar
  18. Triste sim, e sei de casos que envenenam gatos, cachorros, um terror. Eu não gosto de bichos com penas, tenho muito medo de pombos, galinhas, tudo, desde pequena, mas não aceito que maltratem os animais.

    Bjs

    ResponderEliminar
  19. ..........

    e, infelizmente, muitas vezes os cães que passeiam nos jardins também são afectados...

    um beijinho de conforto!

    ResponderEliminar
  20. Ah, Hazel!
    Fiquei mto triste com este teu post. Sofro mto qdo vejo qq animalzinho sofrendo, e fico tremendo de raiva qdo este sofriemtno é causado pela espécie à qual tb me envergonho de pertencer.
    Concordo plenamente com o que tu escreveste e me solidarizo totalmente contigo.
    Denise

    ResponderEliminar
  21. Hazel, infelismente somos parte do que se diz Ser Humano por onde passamos, comemos, nos reunimos seja para um simples piquinique ou um encontro para comemorarmos algo importante....deixamos o rasto de destruição ou de sujeira como se fossemos irracionais em todos os momentos de nossas vidas. Por esse motivo digo infelismente por fazer parte dessa raça que destroi a natureza a vida e o pior se julga melhor que um simples pombinho e resolve mata-los como se fossem imferiores que os chamados Seres Humanos que de HUMANO não possui nada nem o nome

    ResponderEliminar
  22. Estes dias atrás cheguei em casa cansadaaaaaaaaa, fui até o quintal da casa e me deparei com gato (Persa Himalaio) um príncipe..mas estava muito estranho parecia envenenado, tinha os pelos raspados e o bigode CORTADO, fiquei apavorada pensei que estava envenenado...peguei o carro e fui para o veterinário que cuida dos meus bichinhos, ele disse com total certeza que o bichinho estava bem e que tinha sido "aparado" por profissionais...trouxemos ele para casa...e por acaso o vizinho viu e disse ser dono do bichinho!
    Pois é ele nos contou o que tinha acontecido...amarraram um "bombinha" no rabo dele botaram fogo *(
    Meu vizinho( que foi o verdadeiro salvador do Bili) disse que já o encontrou quase morto, devido a gravidade em que ele se encontrava, ele disse também que foi obrigado a mandar "tosar" ele e cortar os bigodes queimados pelo fogo...se você visse o bichinho...uma dó!

    Ele é novo na casa, foi passear e se perdeu no meu quintal, ainda fraco não conseguiu voltar ...por isso o encontrei, nem imaginei de quem seria...já que este mesmo vizinho tem um gato Persa (lindíssimo) e um chow chow bebê (também lindo)...!

    E estas são as muitas histórias de bichinhos maltratados!!
    E isso só com bichinhos!!

    O que o ser humano faz contra seres da própria espécie então... é de uma maldade ímpar!

    *(

    ResponderEliminar
  23. Só posso lamentar tal atitude !
    É doloroso ver o descaso, ou melhor, a maldade com que são tratados os animais.

    Pelo menos o que v. trouxe para casa recebeu um pouco de carinho antes de partir para o "céu dos bichinhos".

    Beijo

    ResponderEliminar
  24. Amiga estamos prestes a viver uma faxina mundial. Por causa de pessoas ignorantes e maldosas que destróem o planeta. Tb fico passado com essas coisas...
    bjos do amgio

    ResponderEliminar
  25. concordo. se é para controlar a população, comece então por nós, que estamos a inchar a Terra...Infelizmente temos q lidar com isso. Já achei até coruja no meio da cidade, caída, mas nessa hora não há veterinário, policial, ninguém para ajudar. Quando é ave silvestre, há lei, mas para estas domésticas, infelizmente não... (aqui estão querendo tirar o direito delas, longa história...)
    Abraços, desejo-lhe alegrias...

    ResponderEliminar
  26. Mais uma vez desejo o que sempre desejo quando vejos bichinhos sofrendo pelas maos de humanos irracionais: que quem fez isso sinta exatamente o mesmo que os bichinhos sentiram, nem mais, nem menos...

    ResponderEliminar
  27. ola amiga nao fiques triste,fizeste o que podias que poucas pessoas o fazem mereces elogio,se foi mesmo envenenamento nem sei o que dizer nem percebo o porque...enfelizmente existe pessoas assim,por seres assim certamente seras recompensada,ha e a gatinha como esta?a minha esta melhor,beijinhos fofos

    ResponderEliminar
  28. A maldade humana não mesmo explicação. Aqui há uns tempos eu e o bebé íamos no carro, o carro da frente vê uma pomba podia-se ter desviado, mas nem se importou, atropelou-a e seguiu. O bebé é que parou o carro para ver como estava a pombinha e já não havia nada a fazer, ela estava a dar os últimos suspiros, mas ao menos retirou-a da estrada e pô-la no passeio, ao menos para não ser mais massacrada e morrer em paz.

    Ficam as boas acções de quem realmente se importa com a vida, seja ela animal ou humana .E tu és um exemplo.



    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Infelizmente em muitas cidades do nosso pais envenenam-se pombos. Controlo de população!! Eu queria ver era se os pombos fizessem o mesmo connosco... nós certamente não iríamos gostar!!

    ResponderEliminar
  30. Marlene:

    Olha que bom, isso é óptimo mesmo.

    A minha está boa. É uma madrugadora, assim que nasce o Sol, começa logo a chamar-nos para lhe darmos atenção. Coisas de Sua Alteza... ;)

    ResponderEliminar
  31. Há poucas coisas que me deixam sem palavras. Mas sem dúvida, este tipo de coisas é uma delas.
    Obrigada pelo teu gesto!

    Se tiveres tempo, passa no meu cantinho (http://pqmeapetece.blogspot.com/2010/07/estupidez-humana-3.html) ou directamente aqui - http://ppa-lisboa-canil-da-capital.blogspot.com/2010/07/hoje-partilhamos-mais-algumas.html, para veres as más condições do canil/gatil municipal de Lisboa e enviar um e-mail aos responsáveis mostrando o nosso desagrado...Porque pequenos gestos fazem uma grande diferença!

    ResponderEliminar
  32. Oi querida Hazel,
    Tenho andado ausente, mas de quando em vez faço uma "ronda" pelos vossos jardins.
    Hoje não resisti a comentar... Este mês já levei dois :(
    Um tinha a pata partida, mas num sitio que não dava para tratar, levei-o a uma clinica por onde passo todos os dias...como é privada tive de pagar para porem o bichinho a dormir:( Dois dias depois encontro outro perto de casa, levei-o comigo e não passou dessa noite. Pelo menos morreu numa caixinha e não esborrachado por um carro ou algo pior!!!
    Ás vezes também me sinto envergonhada...a forma que adoptei para marcar a minha diferença, foi deixar de comer animais, qualquer animal!!!!
    Ainda não li como arranjou seu Miau, mas adorei :)
    A minha Nina fica curiosa por levar os pombos para casa, mas não lhes faz mal. E de vez em quando ainda me leva uma osgazita ou um rato (como esta semana) e que me põe aos saltos e a gritar :) lolol
    Hazel, desculpa o Coment ser tão longo!!!
    Beijinhux
    Maluxa *

    ResponderEliminar
  33. Estando eu a fazer uma pesquisa no google sobre o envenenamento de pombos, deparei-me com este blogue. Primeiro que tudo parabéns pelo bom trabalho. Também eu não fico indiferente à crueldade cometida contra estes seres. Não são apenas os pombos, mas todos as aves urbanas. Hoje morreram uma rola e uma pomba que socorri. Uma morte horrível... Das muitas envenenadas que socorri, ainda não consegui salvar nenhuma. Há outras formas de controlar a população. A nova maldade dos humanos agora é atrair os pobres pombos com comida para um local onde espalham grande quantidade de linhas muito finas que ao enrolarem-se nas patinhas dos bichinhos provocam dores, inchaço e por fim a amputação das patas, quando não são socorridas a tempo. Muitas morrem com a infecção.

    ResponderEliminar
  34. NÃO AGUENTEI CHOREI...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário ♥