Lista de Desejos | Casa Claridade

23/04/13

Lista de Desejos

O tempo voa (e eu também, de vassoura).
Estava aqui a olhar para o calendário, e pensei: "Conheço alguém que faz anos daqui a menos de duas semanas, mas quem será?..."

Com mil vassouras, se não é a vossa escriba! Duh.

A vida ensinou-me - com licença, que já tenho idade suficiente para poder começar frases com "a vida ensinou-me". É um privilégio que só se conquista a partir do momento em que se começa a usar as dores nos artelhos para prever se vai chover no dia seguinte.

Como eu dizia, a vida ensinou-me que... agora esqueci-me o que ia dizer. Devia comprar um suplemento para a memória, mas esqueço-me sempre de procurar no supermercado.

Ah, já me lembrei! A vida ensinou-me - à terceira é de vez - que a data mais importante do ano é a do nosso aniversário. Mais importante que o Natal, que o dia dos Namorados, da Implantação da República e até - pasmem! - que a Noite das Bruxas.
Porque se não tivéssemos nascido, não poderíamos celebrar nenhuma das outras datas.

Que ninguém duvide, o dia mais importante da sua vida é aquele em que nasceu, dando assim início à sua missão de vida. A passagem dos anos marca o número de voltas que a Terra deu em torno do Sol. A cada volta, mais um motivo de celebração. 

E eu, meus queridos rabanetes, vou celebrar 36 (trinta e seis, é melhor colocar por extenso) viagens em torno do Deus-Sol. Ninguém acredita, é sinal que o meu feitiço de juventude ainda está com tudo, mas é verdade.

E assim, lanço ao Universo a minha lista de desejos para o meu aniversário:


Uma esfera de quartzo.

Para meditação e para fins mágicos.
É um clássico, a bola de cristal da bruxa!



Deck "Tarot of The New Vision".

Gostaria mesmo muito de estudá-lo e trabalhar com ele.







Collants de senhora

Não tenho um (1) par de collants que não esteja escandalosamente roto. 
Quando alguém dizia: "Tens os collants rotos", eu levantava as sobrancelhas e respondia: "Txi, nem tinha reparado. Deve ter sido agora mesmo." 

Mas os buracos foram aumentando, ao ponto de haver mais área sem collant do que com collant, e já não dar para fingir que não tinha visto.

Collants não são uma prioridade nas minhas compras. Prioridade é a alimentação. Mas - por Afrodite - já chega. É mau Feng Shui vestir coisas rotas.


Um vaso com buganvílias cor-de-rosa. Ou com brincos-de-princesa. Ou gardénias. Ou gerânios. 
Ou qualquer outra flor que esteja num vaso e não numa jarra.

Tenho bastantes plantas, que salvo do lixo, mas muito poucas flores. Acho que a vida é mais bela com flores, e por isso está na minha lista de desejos. Flores!








Beijos floridos,